Confira nossa versão impressa

Instituto Meninos de São Judas Tadeu: onde se vive o amor às crianças e adolescentes

Instituição foi fundada há 74 anos pela Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus na zona Sul da cidade

POR JENNIFFER SILVA E DANIEL GOMES

Instituto Meninos de São Judas Tadeu: onde se vive o amor às crianças e adolescentes
Padre Cristiano Francisco preside missa em ação de graças pelos 74 anos do IMSJT, no domingo, 15 (Foto: Instituto Meninos de São Judas Tadeu)

As lacunas na dignidade de vida das crianças e adolescentes em São Paulo motivaram a Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos) a criar na zona Sul da cidade, em 15 de novembro de 1946, o Orfanato São Judas Tadeu, renomeado em 1954 para Instituto Meninos de São Judas Tadeu (IMSJT).

Inicialmente, em regime de internato, eram acolhidas crianças órfãs, abandonadas ou de famílias em precária situação financeira. Hoje, o IMSJT é uma obra social, sem fins lucrativos, mantida pela Associação Dehoniana Brasil Meridional, vinculada à Congregação, que atende 2.165 crianças, adolescentes e jovens em oito Centros de Educação Infantil (CEIs), dois Serviços de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (Saicas), um Centro para Crianças e Adolescentes (CCA) e um Centro de Educação com cursos de pós-graduação e extensão, além do Recanto São Judas Tadeu, utilizado para lazer dos atendidos, retiros e formação dos funcionários.

Em ação de graças pelos 74 anos de história, uma missa foi celebrada no domingo, 15, na capela do IMSJT, presidida pelo Padre Cristiano Francisco de Assis, SCJ, Diretor do Instituto desde novembro de 2019. Na ocasião, também houve agradecimentos a todos os funcionários, voluntários  de diferentes áreas do saber e padres que atuam ou já atuaram nessa iniciativa.

Missão

Segundo Padre Cristiano, desde a fundação, feita pelo Padre João Buscher (1902-1991), passando pela construção do local, pelo Padre Gregório Westrupp (1909-1983), o IMSJT mantém o foco de “transmitir aos atendidos um amor restaurador, por meio da missão de acolher, amparar e educar crianças, adolescentes e jovens em situação de risco e de vulnerabilidade pessoal e social, a fim de que alcancem o pleno exercício de sua cidadania e se despertem para a responsabilidade e a solidariedade humana”, a partir dos pilares social, educacional e religioso.“Isso significa viver o amor oblativo, em espírito de entrega e comprometimento, com um coração capaz de amar, acolher, cuidar e servir”, comentou o Diretor.

Divina providência

O Instituto tem 316 funcionários, 220 voluntários e muitos outros colaboradores em diferentes ocasiões. “Vivemos a experiência da divina providência. São muitas as pessoas que se tornam colaboradoras e benfeitoras do IMSJT, por meio de convites e campanhas. Para nos ajudar nessa manutenção, recebemos, também, doações de roupas, sapatos e diversos materiais que colocamos à venda em nossos bazares e lojinha. Com as certificações que o IMSJT obteve ao longo da sua história, hoje também conseguimos fazer algumas parcerias e convênios, que vêm auxiliar na manutenção e realização do nosso trabalho social e educacional”, detalhou o Padre.

A chegada da pandemia de COVID-19 impôs desafios para a manutenção dos trabalhos. Padre Cristiano afirma que, mais uma vez, foi tempo de confiar na divina providência. “Como alegrou o nosso coração ver muitas pessoas que atenderam aos nossos pedidos e campanhas, e foram solidárias, fazendo as doações”, disse o Sacerdote.

Também foi preciso reestruturar a jornada de trabalho dos funcionários e fazer outras adaptações. “As professoras das creches começaram a realizar vídeos para orientar os pais no cuidado e educação de suas crianças, os orientadores educacionais do CCA editaram vários vídeos para orientar as crianças e adolescentes em suas casas e apenas os abrigos continuaram normalmente com as suas atividades educacionais. Já no início da pandemia, as nossas celebrações, novenas e terços começaram a ser transmitidos pelas redes sociais, e posso ainda dizer que estamos vivendo um tempo de renovação e inovação da nossa missão e enfrentamos os desafios próprios desta realidade atual”, afirmou o Sacerdote.

“Se você pode e tem condições, seja solidário conosco. Ajude-nos!”, pede Padre Cristiano. Para saber mais sobre o Instituto, acesse: https://imsjt.org.br.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Dom Luiz inaugura capela da medalha milagrosa na Paróquia São Felipe Néri

Também se comemorou o centenário do fundador da Congregação e da Paróquia, o Padre Aldo Giuseppe Maschi (1920-1999) Na sexta-feira, 27 de novembro, Dom Luiz...

Pastoral do menor da Região Sé promove encontro on-line

O missionário José Cícero conduziu o momento de espiritualidade A Pastoral do Menor da Região Episcopal Sé realizou um encontro on-line em 26 de novembro,...

Em busca da unidade: bispos terão manual da Santa Sé sobre ecumenismo

Nesta sexta-feira, 4, na Sala de Imprensa da Santa Sé, no Vaticano, será apresentado o documento intitulado “O bispo e a unidade dos cristãos:...

Carreata marca os 50 anos da Paróquia Nossa Senhora de Casaluce

A comunidade instalada no bairro do Brás a mais de um século, foi elevada paróquia no dia 19 de outubro de 1970 No sábado, 28...

Rede Mundial de Oração do Papa torna-se Fundação Vaticana

A Sala de Imprensa da Santa Sé divulgou nesta quinta-feira, 3, um comunicado informando que, por decisão do Papa Francisco, a Obra Pontifícia “Rede...

Newsletter