‘A Igreja é a comunidade dos amigos de Jesus’

Exortou o Cardeal Scherer no ‘Encontro com o Pastor’ da rádio 9 de Julho desta terça-feira, 26

‘A Igreja é a comunidade dos amigos de Jesus’

No programa “Encontro com o Pastor”, desta terça-feira, 26, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, recordou a festa litúrgica de São Timóteo e São Tito, explicando que os dois apóstolos foram companheiros e sucessores da missão de São Paulo de propagar o Evangelho para formar a Igreja de Cristo.

“É bonito pensar que existiu um grande grupo que amou Jesus Cristo profundamente. Tantas pessoas se apaixonaram pelo Evangelho e deram tudo de si para testemunhar, anunciar e colaborar com os Apóstolos”, expressou o Cardeal.

Pelo fato do testemunho dos discípulos ter se espalhado, o Arcebispo ressaltou que a pregação do Evangelho é feita em mutirão, visto que Jesus chamou os apóstolos dando-lhes a missão de propagar a sua Palavra para todos os povos.

O Arcebispo lembrou que as pessoas ainda são chamadas a anunciar o Evangelho. Ele reforçou que “a Igreja é a comunidade dos amigos de Jesus”, pois assim era chamada no início de sua missão, e que o próprio Cristo quis que seus discípulos fossem seus amigos.

“A pregação do Evangelho depende de pessoas que amem Jesus, que deem a vida por Ele, que se dediquem não por dinheiro, fama ou vaidade. A Igreja e o Evangelho não precisam de mercenários”, salientou Dom Odilo, ao comentar que não se pode pensar em ser discípulo missionários de Jesus visando vantagens pessoais, mas, unicamente, as benfeitorias da fé, do perdão e da Eucaristia.

FICAI FIRME

Dom Odilo refletiu, ainda, sobre dois trechos da liturgia do dia, retirada da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo, em que Paulo diz a “Tu, fica firme, renova aqui o dom que recebeste pela imposição das minhas mãos”, relacionando esta ação à imposição das mãos realizada nas ordenações episcopais e sacerdotais. Ele disse, porém, que é preciso que todos renovem o dom da graça do Batismo para não desanimarem nem abandonarem a fé diante das tribulações.

O segundo momento do Evangelho comentado pelo Cardeal é: “Não te envergonhas de Jesus Cristo e de mim, seu prisioneiro”. Dom Odilo recordou que este conselho de Paulo a Timóteo expressa a necessidade da solidariedade na fé, compreendendo as carências dos irmãos, presente em toda a Igreja – ainda nos dias atuais – por meio das campanhas e iniciativas solidárias promovidas em favor dos que mais sofrem.

OUÇA A ÍNTEGRA O PROGRAMA ENCONTRO COM O PASTOR

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter