Em missa, vocacionados são enviados para seminários

Em missa, vocacionados são enviados para seminários
Evelin Melo

Em missa na Paróquia Nossa Senhora do Monte Serrate, Setor Pastoral Pinheiros, no domingo, 31 de janeiro, presidida pelo Padre Vandro Pisaneschi, Pároco, com a participação do Diácono Edson da Silva Pires, Camiliano, foram enviados para seminários os jovens Arturo Vicente Chiong Zevallos e Rodolpho Perazzolo Neto.

Arturo ingressará no Seminário Propedêutico Nossa Senhora da Assunção da Arquidiocese de São Paulo neste mês; já Rodolpho irá para o seminário da Congregação Camiliana no Paraná.

“Toda vocação é fruto da comunidade, da oração dos fiéis e maturidade daqueles que escolhem seguir o caminho do Senhor”, disse Padre Vandro no começo da missa. Logo após a homilia, os jovens receberam a bênção e a cruz missionária.

“Sabemos que o chamado é Deus quem faz, o primeiro passo vem Dele, que nos convida a sermos seus discípulos e não nós que nos autoproclamamos para isso. Por esse amor que tenho por Cristo e tendo a certeza que quero fazer tudo por Ele e com Ele, decidi largar tudo o que é do mundo para segui-lo até sua morada e ali permanecer”, afirmou o jovem Rodolpho.

Arturo afirmou que, embora tivesse vontade de se dedicar a Deus e sempre tenha participado ativamente da vida paroquial, houve um momento de dúvida sobre o chamado vocacional. “Cheguei a participar dos encontros da Pastoral Vocacional da Arquidiocese e dos Camilianos há alguns anos, mas acabei escolhendo seguir como leigo. Em 2020, acredito que, com mais maturidade na vida e na fé, eu senti fortemente esse chamado outra vez e, após muita oração e, também, com o auxílio da direção espiritual, pedi permissão para voltar ao caminho do discernimento por meio da Pastoral Vocacional da Arquidiocese. Dessa vez, a experiência me trouxe mais certeza de que Deus me chamava a colaborar em sua obra de Salvação dessa forma, e foi então que decidi seguir este caminho e, posteriormente, a Igreja confirmou minha entrada no Seminário Arquidiocesano.”

“Igreja sem vocações é uma Igreja fadada à extinção. As vocações são a grande esperança para a vida da Igreja”, ressaltou Padre Vandro.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter