Rodízio de veículos vai ser retomado na capital ainda mais restritivo

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou na quinta-feira, 7, a volta e a ampliação do rodízio de veículos na capital paulista.

A medida que proíbe os automóveis de transitarem pela cidade em determinados dias da semana a partir do número das placas havia sido suspensa no início da quarentena na cidade. Normalmente, a restrição valia para um dia da semana para cada veículo.

No rodízio apresentado hoje, como medida de combate à disseminação do coronavírus, os veículos cuja placa tenha número final par poderão circular apenas nos dias pares do mês. Da mesma forma, os veículos que tenham placas terminadas em numero ímpar terão autorização para circular nos dias ímpares. A restrição vale também para os finais de semana e durante todo o dia, não apenas nos horários de pico, como no sistema anterior.

A mudança entra em vigor na próxima segunda-feira, dia 11. Motos estão liberadas do rodízio. As restrições também valem para carros que operam pelso sistemas de aplicativo de transporte.

Pressão no sistema de saúde

Bruno Covas justificou a medida devido ao número crescente de mortes e novos casos de covid-19 que vem sendo registrados nos últimos dias. “Não dá para a gente deixar de tomar medidas como essa em um momento que a taxa de ocupação de leitos de UTI [unidades de tratamento intensivo] passa de 80%”, ressaltou.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, em algumas unidades a ocupação dos leitos de UTI passa de 90%, como no hospital da Bela Vista (região central) e de Itaquera (zona leste). A cidade tem, segundo o último balanço da prefeitura, 1.928 mortes confirmadas por coronavírus e 2.372 óbitos suspeitos, em um total de 4,3 mil possíveis vítimas da doença.

Medidas alternativas

O prefeito disse que a intenção inicial ao suspender o rodízio era reduzir as aglomerações de pessoas no transporte público. Porém, a avaliação, agora, é que a medida teve o efeito indesejado de incentivar as pessoas a saírem de casa nos veículos particulares. “A liberação do rodízio tem servido como um estimulante para as pessoas saírem de casa”, enfatizou.

Nesta semana, a prefeitura havia tentado colocar bloqueios em avenidas importantes da cidade como forma de reduzir a circulação. No entanto, a ação não aumentou a adesão à quarentena, além de fazer o Ministério Público de São Paulo abrir uma investigação sobre denúncias de que a restrição teria afetado o trânsito de ambulâncias.

Segundo o prefeito, o Executivo municipal vem buscando medidas alternativas ao confinamento extremo, quando as pessoas são impedidas de sair de casa sem justificativa, chamado de lockdown. “Essa é uma medida necessária para que a gente evite decretar lockdown na cidade de São Paulo, evite impedir a circulação de pessoas na cidade de São Paulo”, enfatizou.

Isenções

Os profissionais de saúde poderão fazer um cadastro para não serem submetidos ao rodízio. A medida também não afeta veículos que já não eram submetidos ao rodízio convencional, como viaturas de polícia e ambulâncias.

A frota de ônibus será reforçada com mil veículos para absorver o aumento de demanda sobre o transporte público.

+ posts

Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pelas Faculdades Integradas Rio Branco.

Passou a integrar a equipe do Jornal O SÃO PAULO, em julho de 2017, como secretária de redação. É Pós-Graduanda (Lato Sensu) em Jornalismo Contemporâneo e Digital, pela Universidade Anhembi Morumbi.

Foi voluntária da Pastoral da Comunicação da Região Episcopal Brasilândia entre 2016 e 2017.

- publicidade -
- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

- publicidade -

Últimas Notícias

‘Renovemos em nós a alegria da fé, apesar de todas as limitações’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa na manhã desta terça-feira, 26,...

As boas narrativas inspiram, evangelizam e comunicam a fé

Temática da mensagem do Papa Francisco para o 54o Dia Mundial das Comunicações Sociais foi tratada pelo Cardeal Scherer com integrantes dos grupos de Pascom na Arquidiocese de São Paulo

‘Eu estarei convosco todos os dias, até o fim do mundo’ (Mt 28,20)

SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR 24 DE MAIO DE 2020 Na Ascensão, Jesus não se afastou deste mundo. Continua...

Dom José Benedito envia mensagem aos que rezam o Terço

No dia 13, Dom José Benedito Cardoso, Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Lapa, publicou mensagem a todos os fiéis das paróquias...

Executar a música litúrgica requer bom preparo

Após a missa realizada no dia 13 na Paróquia Santo Alberto Magno, Setor Pastoral Butantã, presidida pelo Padre Antonio Francisco Ribeiro, Pároco,...

Papa Francisco recorda os 25 anos da encíclica de São João Paulo II sobre ecumenismo

Encíclica 'Ut unum sint' foi publicada em 25 de maio de 1995, no contexto de preparação para o Jubileu do Ano 2000

Newsletter