‘Unamo-nos à paixão de Cristo para, com ele, obtermos os frutos da ressurreição’

‘Unamo-nos à paixão de Cristo para, com ele, obtermos os frutos da ressurreição’
(Reprodução da internet)

Na missa desta terça-feira, 23, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, meditou sobre a manifestação da glória de Deus a partir da morte e ressurreição de Jesus.

A Eucaristia, celebrada na capela da residência arquiepiscopal, foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Plenitude do amor

No Evangelho do dia (Jo 8,21-30), Jesus é indagado pelos fariseus a seu respeito e sobre sua missão. Ele, por sua vez, responde: “Quando tiverdes elevado o Filho do Homem, então sabereis que eu sou, e que nada faço por mim mesmo, mas apenas falo aquilo que o Pai me ensinou”.

Ao comentar esse trecho, na homilia, Dom Odilo explicou que Jesus fazia referência à sua crucificação, quando se manifesta a plenitude do amor de Deus, que se doa até o fim. “É a partir da sua morte e ressurreição que Jesus manifesta plenamente quem Ele é”, disse.

O Cardeal continuou a reflexão ressaltando que no momento do fracasso e do aniquilamento de Jesus da cruz, seus inimigos pensavam ter acabado com Ele. “Mas se enganaram completamente. Foi aí que se manifestou a glória de Deus”, completou, recordando o ensinamento de São Paulo, quando disse que “aquilo que é fraqueza para o homem é força para Deus”.

Semana Santa

“Estamos nos preparando para celebrar novamente a Semana Santa, a Páscoa. Mesmo que neste ano não dê para ir às igrejas por causa das limitações [da pandemia] e, por isso, teremos que acompanhar as celebrações de nossas casas, que serão transmitidas”, destacou o Arcebispo, recomendando que os ritos pascais sejam acompanhados de maneira ativa, não como se assiste a um filme, novela ou outro programa televisivo. “Desta forma, teremos proveito deste momento, unindo-se à celebração”, reforçou.

Dom Odilo afirmou, ainda, que a Semana Santa é oportunidade para que cada pessoa possa unir seus sofrimentos, aflições e renúncias vividas no atual momento de pandemia ao sacrifício de Cristo na cruz e, quando vividas com amor, podem produzir bons frutos e a superação do mal enfrentado.

Nesta segunda-feira, 22, foram publicadas orientações do Arcebispo para as celebrações da Semana Santa, em especial, do Tríduo Pascal, no atual momento de restrições sanitárias para conter o avanço do novo coronavírus. Acesse aqui.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter