Congresso reúne integrantes da Pastoral Familiar em São Paulo

Pastoral Familiar

O XXI Congresso da Pastoral Familiar do Regional Sul I (São Paulo) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) teve início na última sexta-feira (15), no Mosteiro de Itaici, na cidade de Indaiatuba (SP). O tema central do evento foi “Amor em família: vocação e caminho de santidade” e o lema “Família, torna-te aquilo que és”. A abertura, com a celebração da Santa Missa, foi presidida por Dom João Inácio Muller, arcebispo da Arquidiocese de Campinas (SP). Antes disso, as equipes de cada diocese foram recebidas no Congresso.

No sábado (16), a Santa Missa foi presidida por Dom Frei João Bosco (bispo da Diocese de Osasco) e referencial da Pastoral Familiar do Regional Sul 1. Na sequência, foram realizadas uma série de palestras que transpassaram todos os setores da Pastoral Familiar: Acompanhar os primeiros anos de Matrimônio (Pe. José Eduardo de Oliveira e Silva – Diocese de Osasco); Igreja Doméstica – Opções familiares divergentes (Pe. Cleiton Silva – Diocese de Mogi das Cruzes); Jovens na Igreja e na Sociedade – (Pe. Silvio César da Silva – Arquidiocese de São Paulo); Família na era digital (Dra. Dorita Porto); Família torna-te o que tu és (Pe. Paulo César Gil – Arquidiocese de São Paulo).

Todas as palestras foram acompanhadas por testemunhos de famílias que contaram suas experiências e como, em família, superaram e estão superando as dificuldades. A programação do sábado foi encerrada com momento cultural.

No domingo (17), o Congresso iniciou com a oração das Laudes, e seguiu-se com mais duas palestras para encerrar o momento formativo: Promoção da Vida (Prof. Dr. Luis Hidelbrando e Dra. Maria Eneida de Almeida); e Caminho de Santidade (irmã Adriana Barra – Servas de N. Sra da Alegria). O Congresso foi encerrado com a celebração da Santa Missa, presidida por Dom Jorge Pierozan, bispo Referencial da Pastoral Familiar do Sub-Regional São Paulo.

Ao final da celebração, o casal coordenador regional, Ataíde e Maria Ida, fez a leitura de uma carta de repudio à ADPF 442, sobre a liberação do aborto, e da carta de conclusão do Congresso, firmando o compromisso dos agentes em defesa da vida e da família. O casal também anunciou a Diocese de Aparecida como sede da 22ª edição do Congresso, em 2026.

Trabalhos

Durante todo o congresso foram apresentados vídeos mostrando alguns trabalhos das sete sub-regiões que compõem o Regional Sul 1 (Aparecida, Botucatu, Campinas, Ribeirão Preto 1), Ribeirão Preto 2 (RP2), Sorocaba e São Paulo. Diversos movimentos e serviços que atuam com famílias e que estavam presentes também mostraram suas ações aos participantes. São eles: Comunidade Canto de Maria, Comunidade Famílias Novas do Imaculado Coração de Maria, CENPLAFAM, Encontro de Casais com Cristo (ECC), Equipes de Nossa Senhora, Encontro Matrimonial Mundial e Perdas e Viuvez (Grupo Fica Conosco Senhor). Por fim, em uma sala quadros-vivos, foi contada a história da Pastoral Familiar em São Paulo desde a década de 1970.

Fonte: Portal Vida e Família

Deixe um comentário