Gestão organizacional da cúria diocesana é tema de livro lançado por bispo

Dom Edson Oriolo apresentou a obra durante a 15a ExpoCatólica, realizada na capital paulista no fim de maio

Gestão organizacional da cúria diocesana é tema de livro lançado por bispo, Jornal O São Paulo
Foto: Arquivo pessoal

Com uma sessão de autógrafos durante a 15a ExpoCatólica, no domingo, 29, na capital paulista, o Bispo de Leopoldina (MG), Dom Edson Oriolo, lançou o livro “Cúria diocesana: gestão organizacional”, publicado pela Paulus Editora.

A obra apresenta pistas para dinamizar o trabalho evangelização da cúria diocesana na direção pastoral, no cuidado da administração da diocese e no exercício do poder judicial. O conteúdo foi pensado para auxiliar bispos, presbíteros, colaboradores imediatos da cúria diocesana e, também, é destinado aos leigos e agentes de pastorais.

RETOMADA HISTÓRICA

Dom Edson convida a refletir sobre a transformação contínua que a organização da cúria vem sofrendo, desde o Concílio Vaticano I, até alguns documentos inspirados pelo Concílio Vaticano II.

“Há dois documentos importantes, que são frutos de concílios: o Código de Direito Canônico de 1917, que fala que a Cúria Diocesana é uma instituição que ajuda o bispo; e Código de Direito Canônico de 1983, que é fundamentado em todo o Concílio Vaticano II. Neles se mostra que a Cúria é uma organização. É nesse aspecto que eu tento mostrar que ainda hoje a Cúria é uma instituição muito importante para a vida da Igreja”, detalhou ao O SÃO PAULO.

CÚRIA: POR QUE EXISTE?

Esta é uma das perguntas que Dom Edson Oriolo responde no livro. “A cúria existe para cuidar da parte de pastoral e de evangelização da Igreja. A Cúria também cuida do aspecto administrativo, seja dos recursos financeiros, seja dos recursos administrativos, recursos humanos. A Cúria também tem um aspecto jurídico”, prosseguiu.

Dom Edson enfatiza que a boa organização da Cúria ajuda a difundir a Palavra de Deus a mais pessoas: “Por isso, nós necessitamos de pessoas com expertise, precisamos de sacerdotes qualificados, e no livro eu coloco o papel do Vigário Geral numa Cúria, o papel do Chanceler, explicando que ele não é o secretário do bispo, mas é o secretário da diocese; falo dos conselhos pastorais. E depois, também, falo numa transição de paróquias, o que que precisa de acontecer, pois quando o padre chega a uma paróquia, ele tem que estar ciente de tudo aquilo que ela tem, mas muitas vezes não há este histórico. No livro, eu coloco modelos de uma transição nos aspectos administrativo, canônico e pastoral”.

A GESTÃO ORGANIZACIONAL

O Bispo de Leopoldina lembra que a gestão organizacional ajuda a atingir metas com eficiência, algo ainda desafiador para muitas cúrias.

“A Cúria precisa atingir a eficiência, a eficácia e a excelência. Para tal, porém, ela precisa de uma gestão para se organizar. No livro, faço referência a um texto de São Gregório Magno sobre valorizar cada vez mais a pessoa, que é um grande presente de Deus. Assim, o papel da cúria não é apenas de uma prestação de serviço, mas também de entender a missão que ali se vai exercer por causa do Evangelho, por causa da Boa Nova, por causa do mistério de Nosso Senhor Jesus Cristo”, continuou.

Esse livro não é apenas para as pessoas que trabalham nas cúrias, pois acredito que todos os colaboradores de uma diocese, de uma paróquia, devem ter conhecimento a respeito disso, para agir com mais expertise, com mais qualidade em favor do povo de Deus. De igual modo, todos os batizados teriam de ter ciência sobre o tema, porque a cúria é uma instituição que vai ajudar a aproximar as pessoas para junto de Deus”.

FRUTOS DA BOA GESTÃO

Por fim, Dom Edson Oriolo lembra que quando a gestão organizacional de uma cúria vai bem, “a evangelização acontece de acordo com o mandato de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Evangelho chega no coração das pessoas, chega na mente das pessoas. Percebemos que em uma cúria bem organizada, a Igreja de Jesus Cristo vai crescendo”.

Além de Bispo de Leopoldina (MG), Dom Edson Oriolo é Bispo referencial da Comissão Vida e Família do Regional Leste 2 da CNBB, mestre em Filosofia Social pela PUC-Campinas, especialista em Marketing pela Universidade Gama Filho, pela qual também pós-graduou-se em Gestão de Pessoas. Leader and professional coach pela Act Coaching Internacional. Entre outros livros que já publicou estão: “Pastoral do dízimo: da comunicação ao comprometimento”; “Evangelização nas cidades: raízes na teologia do povo”; “Paróquia renovada: Sinal de esperança”; “Gestão paroquial: para uma Igreja em saída”; “Ser diácono”; “Ser sacerdote” e “Dízimo: pastoral e administração”.

Deixe um comentário