Junho Vermelho: doe sangue e salve vidas

Agência Brasil

Para reforçar a importância da doação de sangue e atrair novos doadores, no mês de junho é realizada a campanha Junho Vermelho. A escolha do mês tem a ver com a chegada do inverno, já que com a queda da temperatura, os estoques de hemocentros costumam ficar mais baixos.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 16 a cada mil brasileiros são doadores de sangue. O número representa 1,6% da população, o que está dentro do recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) de, pelo menos, 1% da população doadora. Apesar disto, o número está longe de atender a atual demanda, ainda maior devido à pandemia de Covid-19.

Origem da campanha

A campanha Junho Vermelho foi criada em 2015 pelo movimento Eu Dou Sangue. Além das baixas temperaturas, outra motivação para a escolha do mês de junho foi o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado anualmente em 14 de junho.

A ideia da campanha é trazer conscientização sobre o tema e homenagear doadores de sangue.

Covid-19 e doações

No mundo todo, os bancos de sangue registraram baixas durante a pandemia de Covid-19. Entretanto, o Ministério da Saúde e os hemocentros garantem que estão tomando todas as medidas de higiene e distanciamento social para evitar chances de contágio nos momentos de doação.

Quem contraiu a Covid-19 pode doar sangue, desde que respeite um período mínimo de 30 dias após a melhora completa de sintomas. O mesmo vale para gripes ou resfriados.

Como doar

Para doar sangue é preciso, entre outros requisitos, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos, não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação, não fumar nas duas horas antes do ato e não estar em jejum.

Confira aqui um mapa com locais para doação. No Estado de São Paulo, também é possível conferir o hemocentro mais próximo por meio do site da Fundação Pró-Sangue.

(Com informações de Câmara Municipal de São Paulo)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter