No contexto da 59ª AG CNBB, bispos referenciais da comunicação na Igreja no Brasil se encontram para partilha de experiências

No contexto da 59ª AG CNBB, bispos referenciais da comunicação na Igreja no Brasil se encontram para partilha de experiências, Jornal O São Paulo
Reprodução/CNBB

Bispos referenciais da comunicação na Igreja no Brasil se reuniram com a presidência da Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB na noite da terça-feira, 26, para um momento de partilha sobre as diversas atividades desenvolvidas. O encontro acontece dentro da 59ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e contou também com a participação dos assessores da comissão e coordenadores dos setores comunicativos.

Na motivação inicial, o bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG) e presidente da Comissão de Comunicação da CNBB, dom Joaquim Mol, recordou que esta reunião se tornou uma tradição para os bispos ligados à comunicação. “É um momento para alinhamento nos temas da comunicação e expressa o nosso mútuo apoio, uns apoiando os outros na tarefa da comunicação, que é cada dia mais exigente, comprometedora e delicada”, afirmou.

O bispo de Oeiras, no Piauí, e membro da Comissão para a Comunicação, dom Edilson Nobre apresentou o trabalho que vem sendo desenvolvido com os padres influenciadores, que anteriormente eram chamados de padres cantores. A mudança do nome, conforme expressou o bispo, representa também uma atenção ao momento presente, em que muitos têm um grande número de seguidores nas redes sociais.

O assessor da Comissão, padre Tiago Sibula, comunicou aos bispos sobre o andamento da atualização do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, que vem sendo conduzido pelo Grupo de Reflexão sobre Comunicação (Grecom). O trabalho é feito por um grupo que avalia parágrafo a parágrafo do documento.

A 54ª edição dos Prêmios de Comunicação da CNBB foi apresentada pela assessora de Comunicação da conferência, Manuela Castro. Estão abertas as inscrições para todas as categorias. Neste ano, a produção da cerimônia será feita pela Tv Evangelizar, com transmissão pelas emissoras de inspiração católica no mês de outubro. Um outro projeto importante que está em fase de desenvolvimento é o Guia de Comunicação Integrada, que servirá à todas as instâncias da Igreja no Brasil.

Comunicação e sinodalidade

O coordenador-geral da Pascom Brasil, Marcus Tullius, partilhou o andamento do 7º Encontro Nacional da Pascom, que acontece de 22 a 24 de julho, em Itaici, com o tema “Comunicação e sinodalidade: comunhão, participação e missão”. Segundo ele, o encontro acontecerá de forma híbrida e a maior parte das inscrições até agora são para a modalidade presencial. Ainda foi comunicada a terceira edição da Semana da Comunicação, que acontece de 23 a 29 de maio, no contexto da celebração do 56º Dia Mundial das Comunicações Sociais.

Outro grupo presente na reunião, a Signis Brasil, teve os seus trabalhos apresentados pelo presidente Alessandro Gomes. Segundo ele, dois grandes projetos estão em desenvolvimento, envolvendo rádios e TVs de inspiração católica em todo o país. As iniciativas foram acolhidas com alegria pelos bispos, que manifestaram apoio.

Os bispos presentes se manifestaram de forma aberta e fraterna sobre os assuntos abordados e sobre questões de comunicação em suas realidades. O arcebispo de Natal e referencial para a comunicação no regional Nordeste 2, dom Jaime Vieira Rocha, enfatizou a necessidade de uma comunicação para a vida, com as Pascons mais atentas à vida da Igreja local e com a dignidade humana.

Bispos presentes na reunião por regional:

.

Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB
Presidente: Dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, bispo auxiliar de Belo Horizonte (MG)
Membros da Comissão: Dom Edilson Nobre, bispo de Oeiras (PI) e dom Neri José Tondello, bispo de Juína (MT)
Regional Norte 3: Dom Wellington Queiroz, bispo de Cristalândia (TO)
Regional Nordeste 2: Dom Jaime Vieira Rocha, arcebispo de Natal (RN)
Regional Nordeste 3: Dom Josafá Menezes, arcebispo de Vitória da Conquista (BA)
Regional Nordeste 4: Dom Edilson Nobre, bispo de Oeiras (PI)
Regional Nordeste 5: Dom Gilberto Pastana, arcebispo de São Luís (MA)
Regional Oeste 1: Dom Dimas Lara Barbosa, arcebispo de Campo Grande (MS)
Regional Leste 1: Cardeal Orani João Tempesta, arcebispo de São Sebastião do Rio de Janeiro (RJ)
Regional Leste 2: Dom Gil Antônio Moreira, arcebispo de Juiz de Fora (MG)
Regional Sul 1: Dom Sérgio Aparecido Colombo, bispo de Bragança Paulista (SP)
Regional Sul 3: Dom Carlos Rômulo, bispo de Montenegro (RS)
Regional Sul 4: Dom Francisco Carlos Bach, bispo de Joinville (SC)

Imprensa CNBB

Deixe um comentário