Padre Johan Konings: uma vida dedicada à tradução da versão oficial da Bíblia em português

Padre Johan Konings: uma vida dedicada à tradução da versão oficial da Bíblia em português, Jornal O São Paulo
Padre Konings com seu livro ‘Lucas, o evangelho da graça e da misericórdia’ | Companhia de Jesus

Faleceu neste sábado, 21, em Belo Horizonte (MG), em decorrência de um aneurisma cerebral, o Padre Johan Konings, filósofo, filólogo e doutor em Teologia pela Universidade Católica de Lovaina (Bélgica). O jesuíta era professor titular da Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia – FAJE e autor de vários livros. Padre Johan encontrava-se internado, desde ontem, no hospital Madre Tereza, na capital mineira.

O velório ocorreu no domingo, 22, no auditório Dom Luciano Mendes de Almeida, da FAJE, seguio de um momento de oração e celebração da Eucaristia. O sepultamento aconteceu no Cemitério Parque Bosque da Esperança, em Belo Horizonte.

Padre Johan Konings: uma vida dedicada à tradução da versão oficial da Bíblia em português, Jornal O São Paulo
Padre Johan Konings, o segundo da dir. para a esq., participa do lançamento da Bíblia traduzida pela CNBB em 21 de novembro de 2018, na sede da entidade em Brasília-DF | Ascom /CNBB

Natural da Bélgica e radicado no Brasil desde 1972, padre Johan Konings foi membro da equipe, composta pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que se dedicou à coordenação de Tradução e Revisão oficial da Bíblia que é referência para a Igreja no Brasil.

O trabalho de tradução, que levou 11 anos, foi oficialmente lançado no dia 21 de novembro de 2018, durante a reunião do Conselho Permanente da CNBB, em Brasília (DF).

Ele também participou como perito na XII Assembleia Geral Ordinária do Sínodo dos Bispos, em Roma, em 2008, com o tema “A Palavra de Deus na Vida e na Missão da Igreja”.

O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética da CNBB, padre Jânison de Sá  afirmou que a Igreja do Brasil perde um grande biblista no dia de hoje. De acordo com o assessor da CNBB, padre Johan Konings era um apaixonado pela Palavra de Deus e se dedicou ao estudo da Bíblia procurando contagiar seus alunos no estudo e aprofundamento da Palavra e também nas assessorias e formações que realizava.

“Padre Johan Konings era um apaixonado pela Palavra de Deus e se dedicou ao estudo da Bíblia procurando contagiar seus alunos no estudo e aprofundamento da Palavra”, padre Jânison.

Padre Jânison destaca ainda que o professor trabalhou incansavelmente na tradução da Bíblia para a CNBB, buscando uma linguagem litúrgico-catequética acessível aos catequistas, catequizandos e a todo o povo de Deus. “Esta missão ele assumiu ainda no final dos anos noventa. Somos gratos ao padre Konings por uma vida doada a serviço da Palavra na ação evangelizadora de nossa Igreja”, expressou o assessor da CNBB.

Uma vida dedicada à Palavra

Nascido na Bélgica em 1941, possui licenciatura em Filosofia (1961) e Filologia Bíblica (1967). Doutorou-se em Teologia (1977), pela Katholieke Universiteit Leuven. Depois de sua chegada ao Brasil, em 1972, lecionou, no campo da Teologia e da Exegese Bíblica, em Porto Alegre (PUCRS) e no Rio de Janeiro (PUCRJ), até tornar-se, desde 1986, professor de Novo Testamento na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia (FAJE) em Belo Horizonte-MG, que em 2011 lhe conferiu o título de Professor Emérito.

Dedicou-se principalmente à exegese dos Evangelhos, especialmente ao de João, e à hermenêutica e tradução da Bíblia. Foi organizador da Tradução Ecumênica da Bíblia (1994) e da tradução do Compêndio dos símbolos, definições e declarações de fé e moral (Denzinger-Hünermann), primeira edição (2007) e segunda edição atualizada em 2013. Era membro da Society of New Testament Studies (SNTS) e da Associação Brasileira de Pesquisa Bíblica (ABIB).

Padre Johan Konings: uma vida dedicada à tradução da versão oficial da Bíblia em português, Jornal O São Paulo
Johan Konings folheando, pela primeira vez, a edição da Bíblia da CNBB na qual trabalhou incansavelmente na tradução | Ascom /CNBB

Deixe um comentário