Remédios usados no tratamento de piolhos não matam o novo coronavírus

Diariamente, O SÃO PAULO publica notícia que alerta sobre fake news relacionadas à atual pandemia

Uma mensagem compartilhada nas redes sociais, afirma que, segundo um estudo, remédios usados no tratamento de piolhos são capazes de matar o novo coronavírus em até 48 horas.

O texto continua afirmando que a ivermectina (fármaco usado no tratamento infestações por parasitas, inclusive piolhos) poderia ser utilizado no combate ao COVID-19.

POR QUE?

O Ministério da Saúde publicou um esclarecimento em seu portal reiterando que muitas pesquisas estão sendo desenvolvidas para o tratamento da pandemia, contudo, nenhum medicamento foi criado até o momento para o tratamento e prevenção específico para a COVID-19.

COMBATE ÀS NOTÍCIAS FALSAS

Para combater as Fake News sobre saúde, o Ministério está disponibilizando um número de WhatsApp para envio de mensagens da população. Vale destacar que o canal não será um SAC ou serviço para esclarecer dúvidas dos usuários, mas um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente se são verdade ou mentira.

Qualquer cidadão poderá enviar gratuitamente mensagens com imagens ou textos que tenha recebido nas redes sociais para confirmar se a informação procede, antes de continuar compartilhando. O número é (61) 99289-4640.

Além disso, o Governo do Estado de São Paulo disponibiliza um canal exclusivo no Telegram de combate notícias falsas sobre coronavírus.

(Com informações de Governo de São Paulo)

Notícias relacionadas

Comentários

  1. Já existem testes clínicos em pacientes que comprovam a eficácia da ivermectina associada a antibióticos. Uma em SP e outra no Amapá. Também o governo de Bangladesh têm testes clínicos que comprovam a eficiência. Já a cloroquina tem muito poucos resultados positivos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter