Semana Bíblica Nacional destaca os circulos bíblicos na Igreja

No último dia da Semana Bíblica Nacional, 10 de junho, iniciativa proposta pela Comissão para a Animação Bíblica-Catequética da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), houve a reflexão sobre a importância dos círculos bíblicos, especialmente no Mês da Bíblica, na perspectiva da Carta aos Gálatas, tema central do Mês da Bíblia de 2021.

Biblistas – Um dos convidados foi o professor do Programa de Pós-Graduação em Teologia da UNICAP, Claudio Vianney Malzoni.  Ele falou sobre a preparação que os biblistas têm para elaborar materiais para ajudar as comunidades.

Ainda de acordo com ele, é importante que o biblista saiba ouvir, participar junto com a comunidade eclesial. “Se só falarmos e não ouvirmos, então o trabalho que a gente faz vai refletir só a nós mesmos. Por isso, é importante sairmos do espelho, conversarmos com as pessoas, ouvir”, disse.

Já sobre a dinâmica dos círculos bíblicos, Claudio disse que os círculos são um incentivo a ouvir a Deus que fala na vida e na Bíblia. “Nós temos essas duas palavras de Deus: a palavra de Deus na vida e a palavra na Bíblia. Por isso que na dinâmica dos círculos bíblicos, esse ouvir a vida ganha uma importância muito grande”, diz.

“Quando nós que somos biblistas fazemos o estudo da Bíblia, nós também temos que fazer esse exercício de ouvir o que Deus nos fala na vida, na vida de cada um, na nossa vida, então essa dinâmica é também a de deixar os ouvidos abertos para escutar aquilo que Deus fala através da vida”, salienta.

“As vezes é difícil compreender a Bíblia, as vezes é difícil compreender a vida, mas a vida ajuda a compreender a Bíblia e a vida ajuda a compreender a Bíblia”, finalizou.

Círculos Bíblicos – O segundo convidado da live foi o padre João Batista Maroni, doutorando em Teologia pela PUC-Rio. Ele falou sobre a importância dos círculos bíblicos no caminho de animação bíblica da pastoral.

Padre João explicou que os grupos se reúnem continuamente para estudar a Palavra de Deus. “Ora a fonte são os momentos temáticos da Igreja, como a CF, o Mês da Bíblia, o Mês Missionário, Mês Vocacional. Ora são os Evangelhos temáticos ou os temas próprios das dioceses, então a Palavra de Deus é o carro chefe de toda essa reflexão”, disse.

Para o padre, a experiência do círculo bíblico vem ajudando a definir um pouco o lugar do círculo bíblico, a sua identidade, o seu papel na vida da Igreja.

“A experiência tem nos mostrado que o círculo bíblico tem que estar plantado numa comunidade eclesial, seja ela uma comunidade missionária, uma comunidade de base, mas uma comunidade de Igreja, uma comunidade eclesial. O círculo não pode existir sem essa raiz, o de ser plantada na comunidade eclesial”, afirmou.

Segundo o padre João, a vida numa comunidade eclesial alimenta o círculo bíblico. “A vida da comunidade é a própria palavra de Deus na vida. E a palavra de Deus na Sagrada Escritura vai alimentar e orientar as ações e a reflexão dos círculos”, diz.

Ainda conforme o padre, o círculo bíblico é especificamente o mergulhar na Palavra de Deus. “Sempre digo que a função do círculo é descobrir a Palavra de Deus. É ajudar as pessoas a ter contato com a Palavra de Deus, que está escondida nas letras da Bíblia, nas palavras da Bíblia”.

“O círculo tem essa dinâmica de descoberta da Palavra de Deus escrita nas sagradas escrituras. O círculo concorre para a animação dessa forma – bebendo da Palavra para que ela seja essa fonte de vida para a Igreja e fonte de vida para a própria vida”.

Animação Bíblica – Mariana Aparecida Venâncio, Doutorando em Estudos Literários pela UFJF, foi a terceira convidada da live e partilhou um pouco de sua experiência na animação bíblica na Igreja.

Claudio destacou a importância do biblista em si, o que elabora o texto-base, mas também a das comunidades, que estudam o texto-base e, a partir disso, animam. “O Mês da Bíblia é importante para fazermos essa interação entre comunidades”, disse Claudio.

Ele salientou as características que um biblista deve ter para se adentrar na dinâmica dos círculos bíblicos. Umas delas, segundo ele, é o rigor metodológico. A outra característica citada é a linguagem acessível.

Na ocasião, Mariana defendeu que os círculos bíblicos promovem a aproximação das comunidades com a Palavra de Deus.

“A experiência dos círculos bíblicos difunde a Palavra de Deus. Ela faz com que a Palavra de Deus seja visita nos nossos encontros litúrgicos, nas celebrações dos nossos sacramentos, mas que ela esteja mesmo na mão do povo, em pequenos grupos para refletir sobre a Palavra de Deus, para falar da Palavra de Deus, então além de um espaço de reflexão o círculo bíblico acaba sendo também um espaço de catequese, que é um espaço muito importante dentro das nossas comunidades”, disse.

Assista a live na íntegra:

A Semana Bíblica Nacional

A Semana Bíblica Nacional aconteceu de 7 a 10 de junho. O evento, em modalidade virtual, marcou o início da celebração do jubileu de ouro do Mês da Bíblia.

No dia 7, na abertura, houve uma mesa redonda com a participação de dom José Antônio Peruzzo, presidente da Comissão; dom Jacinto Bergmann; a irmã Zuleica Silvano (Paulina); o imrão José Nery (Lassalista) e o padre Jânison de Sá Santos.

Na segunda noite, dia 8, foi apresentado o tema do Mês da Bíblia para o ano de 2021, com o autor do texto-base, o professor Joel Antônio Ferreira.

O tema do dia 9 foi a missão de Paulo Apóstolo com a participação da irmã Aíla Pinheiro, da Congregação Nova Jerusalém, e o  padre Benedito Antônio Bueno de Almeida (Paulino).

O tema do último dia, 10, foi a importância dos círculos bíblicos no Mês da Bíblia na perspectiva da Carta aos Gálatas, com a participação do professor Cláudio Vianney Malzoni; Mariana Aparecida Venâncio e o padre  João Batista Maroni.

A Semana Bíblica pôde ser acompanhada pelas redes socias da CNBB (@cnbbnacional); Edições CNBB (cnbbedicoes) e no canal da Catequese do Brasil (catequesedobrasil).

(Com informações de CNBB)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter