Túmulo do Beato Padre Donizetti é vandalizado em tentativa de roubo em Tambaú (SP)

Mausoléu do beato Donizetti, no cemitério de Tambaú. Foto: Prefeitura de Tambaú

O túmulo do beato Donizetti Tavares de Lima, em Tambaú (SP), foi vandalizado no fim de semana em uma tentativa de roubo.

Facebook do Prefeito Leonardo Spiga Real

O prefeito de Tambaú, Leonardo Spiga Real, informou em suas redes sociais que “uma das faces laterais de vidro que reveste o mausoléu do beato Donizetti foi quebrada durante tentativa de roubo”.

Um boletim de ocorrência foi registrado de imagens de câmeras de segurança estão sendo recuperadas e serão repassadas à Polícia Civil para seguir com a investigação. Segundo o prefeito, “novas medidas de reforço de segurança já estão sendo estudadas pelo poder público” para evitar novos ataques.

Padre Donizetti Tavares de Lima nasceu em Cássia (MG), em 3 de janeiro de 1882. Foi ordenado sacerdote em 12 de julho de 1908. Chegou a Tambaú em 1926 e viveu na cidade até sua morte, aos 79 anos. Ele foi sepultado no cemitério municipal de Tambaú.

Durante o processo de beatificação, em 2009, os restos mortais de padre Donizetti foram transladados para o santuário Nossa Senhora Aparecida, em Tambaú. Mas, até hoje, muitos peregrinos visitam o Mausoléu Padre Donizetti no cemitério da cidade.

Padre Dozinetti foi beatificado em 2019, após o reconhecimento por parte da Santa Sé de um milagre pela intercessão dele. Foi a cura do menino Bruno Henrique Arruda de Oliveira, que nasceu em 2006 com uma deformidade conhecida como “pé torto congênito bilateral”, uma anormalidade de difícil tratamento. 

ACI Digital

Deixe um comentário