Está certo ter apenas uma missa por semana na paróquia?

A Maria Emília, do Jardim Brasil, me envia a seguinte dúvida: “Agora na pandemia, o Padre da minha Paróquia só está celebrando uma vez por semana, mesmo quando tem sétimo dia durante a semana. Isso está certo?”.

Minha irmã querida: acho que não entendi direito. Será que seu pároco está celebrando só uma missa aos domingos e nenhuma durante a semana? Ou será que ele dedica uma das missas do domingo para orar pelos mortos da semana? 

Eu penso, minha irmã, que já está na hora de todas as missas do domingo serem celebradas, desde que respeitado o necessário distanciamento, medição da temperatura, uso de álcool em gel para todos e a obrigação da máscara. Quanto às missas em intenção pelos falecidos, mesmo que o sétimo dia aconteça durante a semana, elas podem ser celebradas nas missas do sábado e do domingo, porque não importa o dia, importa a missa.

Em minha Paróquia, a equipe de liturgia e eu resolvemos assim: na sexta-feira, às 19h30, celebramos a missa pelos falecidos há sete dias, há 30 dias, há um ano e os falecidos há mais tempo. Aos sábados e domingos, celebramos as missas de preceito, lembrando dos falecidos também, porque muitas pessoas só podem ir aos fins de semana por causa do trabalho.

Fica muito difícil para mim emitir um parecer sobre a realidade de outra paróquia. Aconselho você a conversar com seu pároco. Lembro, contudo, que a pandemia mexeu muito com o dia a dia de nossas comunidades. Tenha paciência. Vivamos a nossa fé evitando julgar nossos irmãos, padres e leigos. Para terminar, digo a você que muitas paróquias voltaram a acolher os fiéis, mas, como ainda é preciso muito cuidado, estamos nos servindo das mídias sociais, transmitindo as missas pelo Facebook, YouTube. Instagram. Fique com Deus, minha querida.

Comentários

  1. As igrejas estão abertas para quem quiser entrar e fazer suas orações, não a necessidade de missas diária pois as vezes só tem um Padre e o mesmo também pode adoecer. Só esse ano já perdemos Padre com a Covid vamos nos unir e rezar mais.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter