Bispos paulistas iniciam Visita Ad Limina com Missa no túmulo de São Pedro

Encontros em dois dicastérios também integram a programação oficial. Dom João Bosco Barbosa de Sousa, OFM, bispo diocesano de Osasco, e dom Carlos Silva, OFMCap, bispo auxiliar de São Paulo, são os relatores do dia. 

*Notícia atualizada às 18h30 para o acréscimo de informações

Fotos: Pe. Michel dos Santos Regional Sul 1

Na segunda-feira, 19, oficialmente tem início a Visita Ad Limina Apostolorum do Regional Sul 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Até a sexta-feira, dia 23, os bispos dos sub-regionais Aparecida, São Paulo e Sorocaba terão encontros nos diversos Dicastérios da Cúria Romana. 

Logo pela manhã, parte do episcopado paulista se reuniu na Basílica de São Pedro para Santa Missa que aconteceu na cripta onde o Apóstolo está sepultado. A celebração foi presidida pelo Arcebispo Metropolitano de Aparecida, Dom Orlando Brandes.

Dom Orlando refletiu a dimensão de doação do ministério episcopal e motivou os demais bispos no bom êxito das atividades pastorais em suas arquidioceses e dioceses: “Com a fé de Pedro, apascentemos o rebanho, não por coação, mas por convicção!”. 

A programação do dia incluiu a visita no Dicastério para Leigos, Família e Vida, tendo o Bispo de Osasco, Dom João Bosco Barbosa de Sousa, OFM, como relator.

Depois, houve um encontro no Dicastério para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, com a relatoria de Dom Carlos Silva, OFMCap, Bispo Auxiliar de São Paulo. 

Também participante da visita a esse dicastério, Dom José Benedito Cardoso, Bispo Auxiliar da Arquidiocese de São Paulo, afirmou à comunicação do Regional Sul 1 da CNBB que o relatório apresentado considerou as preocupações com relação à realidade da pobreza e do desenvolvimento humano no estado de São Paulo.

“Trouxemos aqui as nossas preocupações. Ouvimos sugestões e propostas, e saímos bastante animados com relação a como lidar com esta realidade que é um desafio bastante grande para nós em São Paulo, um estado muito rico, mas que convive com uma pobreza muito grande. Que Deus nos abençoe e nos ajude a voltarmos animados para enfrentarmos essa realidade tão desafiadora entre nós”, disse Dom José Benedito.

Deixe um comentário