Aiea inicia presença permanente de especialistas em usinas da Ucrânia

Diretor-geral da agência destaca apoio à segurança e proteção nuclear do país; representante espera continuar em contato com autoridades de Kyiv e da Rússia sobre proposta de missão permanente em Zaporizhzhia.

Aiea inicia presença permanente de especialistas em usinas da Ucrânia, Jornal O São Paulo
Grossi disse que continuará seus esforços para a criação de uma zona de segurança e proteção – TV ONU

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, iniciou esta semana a instalação permanente de especialistas em usinas nucleares da Ucrânia.

Falando em Chernobyl, o diretor-geral da agência, Rafael Mariano Grossi, destacou que o tipo de missão pretende fornecer assistência em segurança e proteção nuclear.

Programa amplo de assistência

Na segunda-feira, o chefe da Aiea revelou que a agência estava dando início a um programa muito amplo de assistência em segurança e proteção da instalação nuclear local. Ele disse ter recebido uma atualização sobre a situação na instalação nuclear e que os especialistas estavam se preparando para passar para a fase seguinte.

Várias usinas nucleares da Ucrânia passam a contar com missões permanentes
Várias usinas nucleares da Ucrânia passam a contar com missões permanentes – Aiea

As instalações localizadas a norte do país tiveram um acidente considerado o pior desastre nuclear da história em 1986.

Em março de 2022, a central nuclear de Chernobyl foi um dos primeiros lugares ocupados pelas tropas russas, após o início da invasão ao território ucraniano em  24 fevereiro.

Grossi disse que a fase posterior à ocupação tem sido bem-sucedida. Ele explicou que foi restaurada grande parte das atividades funcionais, que quase retornaram ao normal. Para Grossi, a nova etapa é importante, mas exige muito trabalho pela frente.

Medidas de prevenção

Na intervenção, o chefe da Aiea afirmou descartar a possibilidade de um novo ataque. Ele defendeu que a presença permanente de especialistas é uma medida que ajudará a  informar à comunidade internacional sobre qualquer desenvolvimento nesse sentido para que sejam tomadas medidas de prevenção.

Além de Chernobyl, várias usinas nucleares da Ucrânia, incluindo as de Rivne e Khmelnitsky, passam a contar com missões permanentes  compostas por dois especialistas da Aiea.  

Aeia pretende ter presença permanente de até quatro especialistas na usina nuclear de Zaporizhzhya
Aeia pretende ter presença permanente de até quatro especialistas na usina nuclear de Zaporizhzhya – Aeia

A agência pretende ter presença permanente de até quatro especialistas na maior usina nuclear da Ucrânia: Zaporizhzhia. O local está sob o controle dos militares russos desde o início de março.

Grossi disse que continuará seus esforços para a criação de uma zona de segurança e proteção ao redor da usina com seis reatores. Este tema está em agenda para as reuniões com funcionários do governo, incluindo o presidente ucraniano.

Encontros com autoridades de Kyiv e da Rússia

Comentando a proposta sobre Zaporizhzhia, onde a Aiea tem presença há mais de quatro meses, Grossi declarou que a usina está localizada na linha de frente, e que uma zona de proteção no local é mais necessária do que nunca.

A expetativa é que o acordo e sua implementação ocorram em breve, embora ele “prefira avançar mais rapidamente no plano”. Esta questão também será abordada esta semana com o governo ucraniano em Kyiv e em consultas com a Rússia.

A presença dos especialistas nas usinas nucleares foi solicitada pela Ucrânia e acontece na sequência das várias visitas feitas pela agência da ONU durante o conflito.

Fonte: ONU

Leia mais
Papa, Ucrânia: guerra desumana, as crianças perderam o sorriso

Deixe um comentário