Bispo católico é libertado após sequestro na Nigéria

Dom Moses Chikwe, Bispo Auxiliar de Owerri, na Nigéria

A Arquidiocese de Owerri, na Nigéria, confirmou, neste sábado, 2, a libertação do seu Bispo Auxiliar, Dom Moses Chikwe. O Prelado e seu motorista haviam sido sequestrados no último domingo, 27 de dezembro e foram libertados nesta sexta-feira, 1º.

Em nota oficial, o Arcebispo de Owerri, Dom Anthony Obinna, informou que que chegou a visitar o Bispo Auxiliar, na sua casa, próximo das 23h da sexta-feira. “Ele parecia fraco pela experiência traumática”, relatou.

Segundo a Agência de Notícias Fides, o porta-voz da polícia local, Orlando Ikeokwu, afirmou que o bispo auxiliar e o motorista foram libertados ilesos e sem nenhum resgate pago, graças a uma operação da Polícia do Estado de Imo. O motorista, no entanto, foi levado ao hospital às pressas para receber o tratamento necessário devido às feridas causadas por facadas.

Apelo do Papa

O Arcebispo de Owerri agradeceu à polícia pelos esforços empreendidos para conseguir libertar o prelado e o motorista. O agradecimento também foi dirigido ao Papa Francisco, que fez um apelo pela libertação, durante a oração do Angelus desta sexta-feira.

“Pedimos ao Senhor que eles e todos aqueles que são vítimas de tais atos na Nigéria possam retornar incólumes à liberdade e que esse querido país possa reencontrar segurança, concórdia e paz”, disse o Pontífice.

Dom Anthony  agradeceu, ainda,  aos bispos, sacerdotes, religiosos e leigos que rezaram pela feliz conclusão do sequestro. Representantes da Organização das Mulheres Cristãs (CWO) haviam organizado uma marcha de protesto no último dia 30 de dezembro, em Owerri, também pedindo a libertação dos dois homens.

O sequestro do Bispo Auxiliar ocorreu uma semana após o sequestro de outro religioso católico, Padre Valentine Oluchukwu Ezeagu, sequestrado em 15 de dezembro por homens armados, a caminho do funeral de seu pai. O sacerdote foi libertado no dia 16 de dezembro.

(Com informações de Vatican News e Agência Fides)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter