Bispos refletem sobre os efeitos da pandemia e os desafios pastorais da Igreja na América  

Bispos refletem sobre os efeitos da pandemia e os desafios pastorais da Igreja na América   
Membros das conferências episcopais do Canadá, EUA e América Latina, participam de reunião virtual

Fomentar as relações e o diálogo entre os bispos do continente americano foi um dos objetivos do encontro virtual de representantes do episcopado do Canadá, Estados Unidos, América Latina e Caribe nos dias 7 e 8.

Com o tema “Acompanhamento entre Igrejas” o encontro realizado a cada dois anos contou com a participação mais de 20 delegados, entre bispos e chefes de vários departamentos da Conferência dos Bispos Católicos do Canadá (CCCB), da Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB) e do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM).

Representando Celam participaram o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, e 1º Vice-Presidente da entidade; Dom Jorge Eduardo Lozano, Arcebispo de San Juan de Cuyo, e Secretário-Geral; Padre Pedro Brassesco, Secretário-Geral Adjunto; e Mauricio López, diretor do Centro de Ação Pastoral Programas e Redes e Nancy Sanabria e Assistente da Secretaria-Geral.

Na delegação dos bispos Estados Unidos participaram Dom José Gómez, Arcebispo de Los Angeles; Dom Allen Vigneron, Arcebispo de Detroit; Dom Timothy Broglio, Arcebispo dos Serviços Militares; Dom Gregory Parkes, Bispo de São Petersburgo; Dom Paul Coakley, Arcebispo de Oklahoma; e Padre Michael Fuller.

Pela Conferência dos Bispos do Canadá, particparam Dom Raymond Poisson, Bispo de São Jerônimo e Mont-Laurier; Dom William McGrattan, Bispo de Calgary; Dom Pierre Goudreault, Bispo de Sainte-Anne-de- la-Pocatiere; Dom Gerard Bergie, Bispo de St. Catharines; Padre Jean Vézina e o leigo Robert Di Pede.

Assembleia Eclesial

Ao apresentarem suas experiências em relação à temática do encontro, os representantes do Celam ressaltaram a realização da Assembleia Eclesial, que, além de ser um evento inédito, teve participação ativa de diversos membros da Igreja no continente, em um amplo processo de escuta sinodal, troca de saberes do qual emergiram 41 desafios analisados ​​como comunidade e agora constituem as bases das orientações pastorais para os povos da América Latina e do Caribe.

Os bispos latino-americano enfatizaram que a Assembleia Eclesial não pode ser entendida como um evento, mas sim um processo do qual todos são chamados a participar como expressão de co-responsabilidade e compromisso como crentes.

Efeitos da Covid-19

A Conferência Episcopal Americana centrou a sua intervenção no impacto da COVID-19 nas comunidades religiosas e nos métodos alternativos implementados para recuperar dos efeitos da pandemia em diferentes aspetos.

Pensando nas diversas necessidades das comunidades, os bispos norte-americanos explicaram que se inspiraram no exemplo do “Bom Pastor” para acompanhar suas ovelhas nos bons e maus momentos. Os prelados destacaram três aspetos da resposta à pandemia que podem ser sintetizados na adoção de políticas, administração dos bens da Igreja e orientação espiritual no apoio às paróquias e dioceses, afetadas pelos encerramentos na ausência dos paroquianos.

Povos nativos

Os membros da Conferência Episcopal Canadense destacaram o trabalho voltado para a relação da Igreja com os povos nativos, sobretudo após a veiculação denúncias de abusos contra crianças indígenas em internatos católicos no século passado.   

O episcopado canadense destacou seu compromisso com os povos indígenas e o acompanhamento dessas comunidades no “caminho da cura, reconciliação e cooperação”.

Para atingir esse objetivo, os bispos do Canadá estão comprometidos com o reconhecimento do passado e a criação do chamado Círculo de Nossa Senhora de Guadalupe, uma coalizão de organizações católicas responsáveis ​​pelo acompanhamento dos povos indígenas. Outro dos avanços foi a ampliação do número de membros do Conselho Indígena Católico Canadense e os esforços do episcopado local para elaborar uma carta pastoral dirigida aos povos indígenas.

A próxima reunião dos Bispos da Igreja na América Latina está marcada para 2024 e será liderada pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos (USCCB).

(Com informações do Celam)

Deixe um comentário