Cristãos que participavam de momento de oração são assassinados na Libéria

Atividade ocorria em uma campo de futebol em New Kru Town, quando homens com facas invadiram o local

Cristãos que participavam de momento de oração são assassinados na Libéria, Jornal O São Paulo
Reprodução da Internet

Ladrões empunhando facas e facões atacaram os fiéis que participavam de uma reunião de oração cristã em Monróvia, na capital da Libéria, na quarta-feira, 19. Na tentativa de fugor dos agressores, ao menos 29 pessoas morreram, informaram as autoridades locais. Outras pessoas ficaram gravemente feridas e ainda correm risco de vida.

Os detalhes sobre o incidente permaneceram incompletos. A mídia local informou que o evento foi uma reunião de oração cristã – conhecida na Libéria como uma “cruzada” – realizada em um campo de futebol em New Kru Town, um subúrbio da classe trabalhadora de Monróvia.

Essas reuniões geralmente reúnem milhares de pessoas na Libéria, um país altamente religioso onde a maioria da população, de 5 milhões de pessoas, é majoritariamente cristã.

O pastor Abraham Kromah, um pregador popular, organizou o evento de oração de dois dias na cidade de New Kru e atraiu grandes multidões. Os relatos de quem sobreviveu aos ataques é de ter visto corpos desfalecidos pelo chão logo depois.

HISTÓRICO DE DESASTRES E VIOLÊNCIAS

Acidentes e desastres são relativamente comuns na Libéria. Uma debandada em um evento de oração semelhante no centro da Libéria em novembro de 2021 matou duas crianças e hospitalizou várias outras, segundo a mídia local.

Dezessete pessoas também foram dadas como desaparecidas após um naufrágio na costa do país em julho de 2021. Cerca de 50 pessoas morreram em um colapso de mina no noroeste da Libéria em maio de 2020.

A Libéria é a república mais antiga da África e também um país empobrecido que ainda está se recuperando após guerras civis consecutivas entre 1989 e 2003, que mataram cerca de 250.000 pessoas.

Também foi devastada pela epidemia de Ebola na África Ocidental de 2014 a 2016.

De acordo com o Banco Mundial, 44% da população da Libéria vive com menos de US$1,9 por dia.

O Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, um barômetro de prosperidade, classifica a Libéria em 175º lugar entre 189 países e territórios.

Fonte: UCA News

Deixe um comentário