Filipinas, México e Brasil lideram o número de crianças batizadas

O número de crianças batizadas em cada país é uma das muitas estatísticas encontradas no Anuário Estatístico da Igreja, que foi publicado em março de 2021 e contém a compilação dos números coletados até 31 de dezembro de 2019

Foto: Luciney Martins/ O SÃO PAULO

Os países com mais católicos batizados continuam, pela ordem: Brasil, México, Filipinas, Estados Unidos e Itália.

No entanto, de acordo com o Anuário Estatístico da Igreja, com os dados tabulados até 31 de dezembro de 2019, a ordem e até mesmo os países são diferentes quando se olha para o número de dioceses ou outras jurisdições eclesiásticas, o número de ordenações de padres diocesanos naquele ano e o número de crianças menores de 7 anos batizadas nos 12 meses anteriores.

O anuário, que foi publicado em março, contém mais de 500 páginas de gráficos e dados estatísticos sobre a vida da igreja em todas as regiões do mundo e quase todas as nações – a China continua sendo a principal exceção.

ESTATÍSTICAS

As estatísticas variam do número de religiosas – 630.099 – ao número de casos de nulidade de casamento concluídos usando “o processo mais breve perante o bispo”, uma modalidade instituída pelo Papa Francisco – 1.854.

De acordo com o anuário, o Brasil tinha 177 milhões de católicos batizados até o fim de 2019; O México tinha 115,5 milhões; as Filipinas, 89 milhões; os Estados Unidos tinham quase 74 milhões; e a Itália, 57,8 milhões.

Por outro lado, os cinco primeiros países em termos de número de dioceses, eparquias, prelaturas e outras jurisdições foram: Brasil, com 278; Itália, com 228; os Estados Unidos, com 195; Índia, com 175; e a França, com 99.

MUDANÇAS NO RANKING

Uma indicação de que a ordem dos países com mais católicos pode e irá mudar são as estatísticas que o livro fornece sobre o número de batismos de crianças menores de 7 anos (o anuário fornece estatísticas separadas para o batismo de pessoas com mais de 7 anos). Ao longo de 2019, houve mais de 1,6 milhão de batismos de crianças menores de 7 anos nas Filipinas; mais de 1,48 milhão no México; mais de 1,05 milhão no Brasil; mais de 595 mil nos Estados Unidos; e mais de 442 mil na Colômbia. A Argentina de Francisco quase chegou a fazer parte dos cinco países em que mais ocorreram batizados, com 441.572.

Quanto às ordenações ao sacerdócio diocesano em 2019, dois países estavam empatados na primeira posição: os Estados Unidos e a Índia, cada um com 415 novos sacerdotes. Completando os cinco mais bem colocados estavam: Nigéria, com 410; Brasil, com 390; e Itália, com 317.

O Anuário Estatístico também contém dados sobre o número de escolas católicas em todos os níveis e outras instituições que a Igreja administra para cuidar dos necessitados. Os países com mais hospitais católicos, sem contar os dispensários, são: Índia, com 754; os Estados Unidos, com 551; Alemanha, com 439; Congo, com 419; e o Brasil, com 278.

Fonte: Crux Now

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter