Na Zâmbia, bispos pedem às dioceses que garantam a segurança e proteção de menores e pessoas vulneráveis

Na Zâmbia, bispos pedem às dioceses que garantam a segurança e proteção de menores e pessoas vulneráveis
 Andrea Krogmann /ACN

“Todas as dioceses católicas do país devem garantir que as crianças compreendam o caminho do processo sinodal para garantir sua participação significativa”, disse Fidelis Hamweemba, responsável pela salvaguarda das crianças da Conferência dos Bispos Católicos da Zâmbia (CBCZ), em seu apelo sobre a participação dos menores no processo sinodal em curso.

“É importante que a comunidade se concentre na criação de estruturas eficazes de proteção infantil em nossas dioceses católicas”, disse o Padre Francis Mukosa, secretário-geral da CBCZ, que pediu a todos que trabalhem com o governo para garantir que a Zâmbia seja um país seguro para crianças e pessoas vulneráveis.

O Padre Francis falou em nome dos bispos após um seminário de quatro dias para funcionários diocesanos sobre proteção infantil. A Conferência dos Bispos Católicos da Zâmbia, por meio da política lançada em 2017, reafirmou seu compromisso de salvaguardar os direitos das crianças e adultos vulneráveis, e encorajou um caminho jurídico estatal público na abordagem dos direitos humanos.

Fonte: Agência Fides

Deixe um comentário