Voluntários católicos fazem o ‘trabalho de Deus’ pelos pacientes da Covid no Vietnã

O Arcebispo Linh abençoa sete voluntários que se juntaram a profissionais de saúde de primeira linha em hospitais na província de Thua Thien Hue

Voluntários católicos fazem o ‘trabalho de Deus’ pelos pacientes da Covid no Vietnã, Jornal O São Paulo
foto cedida por tonggiaophanhue

Voluntários católicos na região central do Vietnã foram incentivados a unir forças na linha de frente para cuidar de pacientes com Covid-19 em hospitais públicos.

Na segunda-feira, 3, seis religiosos e um leigo partiram para trabalhar nos hospitais Chan May e Binh Dien, nos distritos de Huong Tra e Phu Loc, na província de Thua Thien Hue.

O Arcebispo Dom Joseph Nguyen Chi Linh de Hue e muitos padres, religiosos e autoridades de saúde estiveram presentes em uma cerimônia especial na Casa do Arcebispo de Hue para marcar a segunda vez que voluntários religiosos foram enviados a hospitais para pacientes Covid na província.

O vigário-Geral, Padre Anthony Duong Quynh, disse que novas infecções estão surgindo na província e colocando os hospitais locais sob considerável pressão. O departamento provincial de saúde solicitou à Igreja local que participasse no atendimento aos pacientes nos hospitais.

O padre Quynh valorizou os voluntários que corajosamente superaram os desafios e temores de infecção para caminhar com as vítimas.

O médico Nguyen Dac Ngoc, do departamento de saúde, disse que a maioria dos pacientes vivem em pequenas casas que não são convenientes para serem isolados e tratados em casa, então os hospitais de campo ficam sobrecarregados e os cuidadores devem trabalhar duro o tempo todo.

Ele expressou sua profunda gratidão aos católicos locais que trabalham com entusiasmo com outras pessoas para cuidar dos pacientes.

O Arcebispo Linh disse que os voluntários estão fazendo a obra de Deus, que os envia diretamente, por isso, estejam felizes ou tristes, devem descobrir o milagre de sua missão que é mais maravilhoso do que qualquer outra coisa.

“Ansiosamente damos sorrisos beatificados, amor, carinho e apoio aos pacientes”, disse o chefe da Conferência dos Bispos Católicos do Vietnã.

“Apesar das dificuldades, seu caminho até os pacientes deve ser de amor, alegria e felicidade. Lembre-se de que nosso prazer é servir às pessoas necessitadas”.

Depois de abençoar e dar equipamento de proteção médica aos voluntários, o Arcebispo Linh disse-lhes que "embora seja apenas simbólico, esta é uma boa prova de que a família arquidiocesana está seguindo seus passos".

Os voluntários com uniformes de proteção ergueram velas acesas cantando as orações pela paz.

“Em nome de Deus e como pastor da arquidiocese, eu o envio ao coração do mundo, levando o amor de Deus às vítimas da pandemia que estão esperando por você. Abençoo o seu trabalho ", disse o arcebispo Linh.

O septuagenário arcebispo deu aos voluntários abraços amigáveis ​​antes de entrarem nos ônibus para os hospitais.

Em 7 de dezembro, o arcebispo Linh enviou 40 voluntários religiosos de seis congregações para atender os pacientes da Covid-19 em uma clínica recém-construída administrada pela Igreja local, que cobre as despesas da clínica de 200 leitos.

Os católicos também fazem doações e oferecem alimentos e outras necessidades básicas aos pacientes de outros hospitais públicos e aos que ficam em casa.

Na terça-feira, 4, a província de Thua Thien Hue, com uma população de 1,1 milhão, registrou 285 novos casos de coronavírus.

O Vietnã registrou 1.800.704 infecções e 33.245 mortes desde que a pandemia atingiu em 2020. Cerca de 70% de sua população recebeu duas vacinas até agora.

Fonte: UCA News

Deixe um comentário