Confira nossa versão impressa

Arquidiocese de São Paulo é uma Igreja em estado permanente de missão

Arquidiocese de São Paulo é uma Igreja em estado permanente de missão
Cardeal Scherer em visita à Diocese de Pemba, Moçambique, em 2019, que recebe apoio missionário da Arquidiocese (Foto: Michelino Roberto/O SÃO PAULO)

Neste domingo, 18, comemora-se o Dia Mundial das Missões. Nesta data e durante todo o mês de outubro, os católicos de todas as partes do planeta são convidados a refletir sobre a centralidade da missão na vida da Igreja – este ano, a partir do tema “Eis-me aqui, envia-me” (Is 6,8).

“A Igreja, enviada por Deus a todos os povos para ser ‘sacramento universal de salvação’, por íntima exigência da própria catolicidade, obedecendo a um mandato do seu fundador, procura incansavelmente anunciar o Evangelho a todos os homens”, destaca o Decreto Ad gentes, do Concílio Vaticano II, sobre a atividade missionária da Igreja.

Além de motivar a oração e o apoio concreto às missões, por meio da coleta solidária realizada em todas as paróquias e comunidades, a Arquidiocese de São Paulo celebra o Dia Mundial das Missões recordando as muitas iniciativas missionárias que realiza e apoia.

CAMINHO SINODAL

O primeiro grande projeto missionário de destaque na Igreja em São Paulo é a realização do sínodo arquidiocesano, que tem justamente como tema “Caminho de comunhão, conversão e renovação missionária”.

“Em São Paulo, fundada por santos missionários, entre os quais São José de Anchieta, a Igreja procurou ser testemunha de Jesus Cristo na cultura urbana, graças à sabedoria e generosidade apostólica de seus pastores e dos numerosos sacerdotes, ao testemunho cristão de incontáveis leigos e religiosos”, afirmou o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, ao fazer o anúncio e convocação do sínodo, em 15 de junho de 2017.

Naquela ocasião, Dom Odilo sublinhou que, nos tempos atuais, percebe-se a necessidade premente de renovar a evangelização e a vida pastoral na Arquidiocese. “A mudança de época em curso na sociedade e na cultura também atinge fortemente a vida eclesial, e seus efeitos aparecem em uma persistente crise de fé religiosa, na adesão sempre menor à vida eclesial e no progressivo abandono da Igreja e até da fé cristã. Essa crise não atinge apenas a nossa Arquidiocese, mas a Igreja Católica em várias partes do mundo”, enfatizou.

RENOVAÇÃO MISSIONÁRIA

Arquidiocese de São Paulo é uma Igreja em estado permanente de missão
Pesquisadores voluntários do sínodo arquidiocesano (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

Desde então, a Igreja em São Paulo busca uma tomada de consciência da sua realidade, a começar pela vida e missão das paróquias, realidade concreta na qual a Igreja se manifesta na cidade. Um dos marcos dessa etapa foi o levantamento da realidade religiosa e pastoral, por meio de uma pesquisa de campo feita por voluntários, que, em atitude missionária, visitaram as casas na busca de conhecer quem são e como vivem os católicos da cidade.

O resultado desse levantamento evidenciou a necessidade missionária, sobretudo em relação aos católicos que estão afastados da vida eclesial. “Isso requer a verificação atenta daquilo que fazemos, como fazemos e que métodos usamos. Requer a avaliação e a revisão de muitas coisas em nossas paróquias, organizações pastorais e modos de trabalho. Mais que tudo, requer a conversão pessoal e comunitária ao Evangelho, para sermos evangelizadores com espírito e disposições novos, conforme o Papa Francisco orienta na exortação apostólica Evangelii gaudium. Não basta mudar estruturas, é preciso mudar o espírito das estruturas”, sublinhou o Arcebispo.

Atualmente, o caminho sinodal se encontra na etapa da assembleia arquidiocesana. Contudo, devido à pandemia, as atividades estão temporariamente suspensas. Como ressaltou o próprio Arcebispo, porém, o sínodo não está parado, pois a vida e a missão da Igreja continuam pelas mais variadas formas de apostolado.

APOIO MISSIONÁRIO

A preocupação missionária da Arquidiocese também se manifesta por meio das muitas ações de apoio direto e indireto às missões além-fronteiras, seja com o envio de missionários, seja com a ajuda material. Veja, a seguir, as principais delas:

Projeto Missionário Sul 1 – Norte 1

Uma dessas iniciativas é a participação no projeto missionário do Regional Sul 1 com o Regional Norte 1 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Lançado em 1994, esse projeto consiste na colaboração entre os bispos das dioceses paulistas com as Igrejas particulares do norte do Amazonas e de Roraima.

Desde então, mais de 70 missionários, entre sacerdotes, leigos e religiosos, foram enviados àquela região, para ajudar no enfrentamento dos desafios ali apresentados, dentre eles a carência de agentes evangelizadores; o isolamento das comunidades devido às distâncias geográficas; a exploração predatória dos recursos naturais; o narcotráfico e, ainda, o trabalho de resgate da cultura e a luta pelos direitos dos povos indígenas.

Arquidiocese de São Paulo é uma Igreja em estado permanente de missão
Missionários brasileiros em Moçambique (Foto: Michelino Roberto/O SÃO PAULO)

Ação missionária em Moçambique

Em 2015, o Bispo diocesano de Pemba, no norte de Moçambique, na África, Dom Luiz Fernando Lisboa, pediu socorro aos bispos paulistas e solicitou o envio de recursos humanos e materiais. Assim nasceu o projeto de cooperação missionária entre o Regional Sul 1 e a Diocese de Pemba.

Ao todo, o Sul 1 mantém três missões na Diocese. Em agosto de 2019, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, realizou uma visita missionária a Pemba, para acompanhar os trabalhos dos missionários do Regional Sul 1 no país africano. Na ocasião, ele também visitou a missão realizada pela Comunidade Aliança de Misericórdia, ligada à Arquidiocese, na capital do país, Maputo.

Comunhão e Partilha

A Arquidiocese de São Paulo também participa do projeto Comunhão e Partilha, criado pela CNBB, em 2012, com o objetivo de ajudar dioceses que têm dificuldades econômico-financeiras para arcar com a formação de seus seminaristas.

Mensalmente, a Arquidiocese envia 1% de sua arrecadação bruta para o projeto, que, em 2019, beneficiou mais de 400 seminaristas de 49 dioceses e prelazias.

Seminaristas e diáconos

Ainda pensando na formação dos futuros padres, a dimensão missionária também faz parte da preparação dos seminaristas da Arquidiocese.

Arquidiocese de São Paulo é uma Igreja em estado permanente de missão
Seminaristas da Arquidiocese realizam semana missionária durante as férias (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

Além da semana missionária realizada no início das férias de julho, durante a qual os candidatos ao sacerdócio visitam casas, comunidades e realidades de vulnerabilidade social, os diáconos seminaristas realizam um estágio missionário em comunidades do Norte e Nordeste, antes de receberem a ordenação presbiteral.

Diocese de Castanhal

Há alguns anos, a Arquidiocese realiza uma cooperação missionária com a Diocese de Castanhal (PA), com o envio de sacerdotes que atuam nas muitas comunidades da região.

Atualmente, quem realiza essa missão é o Padre Antônio Lima da Silva, enviado em fevereiro. Além de Castanhal, há outras dioceses de diferentes regiões do País que contam com a presença missionária de sacerdotes do clero arquidiocesano.

(Com informações da CNBB e Regional Sul 1)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Cátedra de Cultura Judaica da PUC-SP comemora dez anos

O evento transmitido pela internet nesta sexta-feira, 23, marcou as comemorações dos dez anos da Cátedra de...

São João Paulo II: um Santo e poeta da Igreja

Dando sequência a série especial que rememora santos poetas da Igreja ao longo da história, O SÃO...

Declaração de Consenso de Genebra: avanço na luta contra o aborto

Brasil é um dos 32 países que assinam o documento que reforça a autonomia dos país na proteção da vida dos nascituros

Relatório da Caritas SP mostra os impactos da pandemia em crianças refugiadas

A equipe de Proteção do Centro de Referência para Refugiados da Caritas Arquidiocesana de São Paulo (CASP) produziu um relatório sobre os...

‘A vida cristã bem vivida é um dom para o próximo e para a sociedade’

Na missa deste sábado, 24, na capela de sua residência, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de...

Newsletter