Bispo pede orações pela paz após conflitos na República Centro-Africana

Soldados do governo da República Centro-Africana foram atacados, no dia 3, por rebeldes armados, na cidade de Bangassou, no Sudoeste do país, e fugiram após ficarem sem munição. Os ataques foram feitos por aqueles que acusam o governo de ter manipulado o resultado das eleições realizadas em dezembro.

Bispo pede orações pela paz após conflitos na República Centro-Africana
Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO

Dom Juan José Aguirre, Bispo de Bangassou, expressou à Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que Sofre (ACN) a sensação de viver sob insegurança, mas confiante na misericórdia de Deus.

Ele revelou especial preocupação com os mais vulneráveis nestas situações. “Já houve crianças feridas por balas perdidas”, disse. “Crianças que fugiam para o Congo. Uma bala caiu sobre um deles… mesmo enquanto fugiam, a violência dos agressores ainda os aterrorizava”, acrescentou.

O Bispo faz um apelo aos rebeldes e aos governantes para que não imponham à população mais momentos de violência, morte e destruição.

A República Centro-Africana é um país rico em minerais e outros recursos naturais, mas tem uma população mergulhada na miséria, especialmente como consequência de guerras e lutas entre o governo e vários grupos de milicianos e mercenários entre 2013 e 2019.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter