Confira nossa versão impressa

Pela primeira vez, Dia Nacional da Filantropia é comemorado no Brasil

Instituída em dezembro de 2019, data pretende valorizar a atuação de entidades do terceiro setor

Pela primeira vez, Dia Nacional da Filantropia é comemorado no Brasil
Reprodução da Internet

Nessa terça-feira, 20, é comemorado pela primeira vez no Brasil o Dia Nacional da Filantropia. A data foi criada pela Lei nº 13.925, assinada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), no dia 4 de dezembro de 2019.

O projeto de lei dos deputados federais Antonio Brito (PSD-BA) e Eduardo Barbosa (PSDB-MG) tem como proposta valorizar e motivar que os setores empresariais, governo e sociedade civil desenvolvam e apoiem ações solidárias em parceria com as instituições filantrópicas.

De origem grega, a palavra filantropia significa “amor à humanidade”. A expressão é verbalizada por meio da ajuda ao próximo feita por pessoas e entidades de forma altruísta, com o objetivo de garantir o direito à educação, saúde e assistência social.

LEIA TAMBÉM

O que a COVID-19 evidencia na Fratelli tutti?

CELEBRAÇÃO

De acordo com Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (FONIF), as celebrações pela data dividem-se três eixos: conscientização sobre a filantropia, voluntariado e mobilização para divulgação e transparência.

Durante uma live celebrativa com representantes de entidades filantrópicas, realizada na manhã de hoje, o presidente da FONIF, Custódio Pereira, definiu a data como “uma forma singela e simples de reconhecermos o enorme trabalho que as mais de 11 mil instituições fazem pelo Brasil”. Ele explicou, ainda, que este é um setor que não distribui lucro, resultados e patrimônio, mas que emprega 2,3 milhões de pessoas no País.

Também participaram os autores do projeto de lei. O deputado Eduardo Barbosa rememorou que a proposta foi inspirada para “chamar a atenção da sociedade e daqueles que não estão envolvidos diretamente no trabalho que as entidades e associações exercem no dia a dia e entender que elas são primordiais na construção de políticas públicas”.

Antonio Brito disse considerar este um dia histórico, pois, é marcada pela mobilização de entidades e representantes políticos em favor da filantropia, iniciada há 30 anos, com a criação do Conselho Nacional de Assistência Social.

Assista a live completa

EM TEMPOS DE COVID-19

Durante a pandemia do novo coronavírus, a Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) lançou em 31 de março, o Monitor das Doações da COVID-19, que disponibiliza os números das doações de empresas, fundações, indivíduos, ou por campanhas de crowdfunding em todo o País.

O site, que é atualizado duas vezes por semana, aponta que até o dia 18 de outubro, R$ 6.451.255.230 foram doados em resposta à COVID-19. Destes, o setor financeiro foi o que mais colaborou e a cidade de São Paulo foi a mais beneficiada.

Segundo o monitor, R$ 17.515.666 foram arrecadados por meio de lives realizadas nas redes sociais.

A contribuição em dinheiro soma 60% dos recursos angariados e destinados, principalmente, para ações na área da saúde (74%) e assistência social (19%).

Outros dados podem ser acessados no site. 

Com informações: Associação Brasileira de Captadores de Recursos, Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas e Jornal Extra

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Novo documento do Vaticano ressalta o compromisso dos bispos pela unidade dos cristãos

“O Bispo e a unidade dos Cristãos: vademecum ecumênico” é o título do novo documento publicado pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Unidade...

Dom Jorge Pierozan conclui visitas pastorais na Região Santana

O Bispo celebrou na Paróquia Santa Joana D’Arc, no  Setor Pastoral Tremembé No domingo, 29 de novembro, Dom Jorge Pierozan, Bispo Auxiliar de São Paulo...

Paróquia Nossa Senhora das Graças realiza festa da padroeira na Brasilândia

As festividades foram encerradas com uma procissão luminosa e missa solene Com o tema “Maria, mãe da consolação e de todas as graças”, foi celebrada...

Governo cria Comitê Interministerial de Doenças Raras

Decreto está publicado hoje no Diário Oficial da União O governo federal criou o Comitê Interministerial de Doenças Raras, que funcionará no âmbito do Ministério...

Primeira pregação do Advento, Catalamessa: “irmã morte é fonte de vida eterna”

Nesta primeira sexta-feira do Advento, 4, iniciaram as meditações do pregador da Casa Pontifícia Raniero Cantalamessa, criado cardeal pelo Papa Francisco no Consistório de...

Newsletter