Confira nossa versão impressa

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia
(Fotos:Caritas Arquidiocesana de São Paulo)

Neste período de pandemia, a Caritas Arquidiocesana de São Paulo (CASP) se adaptou para continuar realizando seus trabalhos de atendimento às pessoas mais necessitadas por meio dos seus diversos projetos.

Desde 20 de março, a organização de serviço da caridade da Igreja em São Paulo suspendeu a maioria de suas atividades presenciais realizadas na sua sede, no centro da cidade, mantendo apenas os serviços de distribuição de cestas básicas, produtos de higiene e máscaras. Os demais serviços estão sendo feitos mediante atendimentos on-line.

CESTAS BÁSICAS

Durante a quarentena, foram distribuídas pela CASP 3.500 cestas básicas destinadas aos atendidos do Centro de Referência para Refugiados e aos seis núcleos da entidade nas regiões episcopais, para serem entregues a famílias e comunidades carentes.

Padre Marcelo Maróstica Quadro, Diretor da CASP, explicou ao O SÃO PAULO que algumas dessas cestas foram adquiridas pela própria Caritas, e a maioria foi obtida por meio de doações de empresas, igrejas e poder público.

Os núcleos regionais atuam com o grupo das pastorais sociais da Arquidiocese e a Sociedade São Vicente de Paulo (Vicentinos) para o mapeamento, cadastro, arrecadação de alimentos e distribuição às famílias necessitadas.

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia

MÁSCARAS

Outra iniciativa da Caritas é a aquisição e distribuição de máscaras de

proteção. Por meio de um levantamento de organizações que possuem caráter social, a entidade adquiriu 10 mil unidades do projeto Vida BR, de Fortaleza (CE), que confecciona máscaras feitas com tecidos sustentáveis.

O primeiro lote de máscaras foi distribuído para hospitais, projetos e organizações sociais, para a Comunidade Indígena do Jaraguá, na zona Noroeste de São Paulo, e equipes da Caritas.

Há, ainda, alguns grupos em São Paulo que confeccionam máscaras e as encaminham a comunidades carentes por intermédio da CASP.

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia

ACOLHIDA

O Lar Santa Maria, casa de encontro e formações mantida pela Caritas em Cotia (SP), foi adaptado para acolher pessoas em situação de rua e lhes oferecer banho, alimentação, distribuição de roupas limpas e orientações. Lá tam- bém funciona o projeto Horta Comunitária Urbana, mantido pela entidade.

REFUGIADOS

Projeto realizado em convênio com o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), o Centro de Referência para Refugiados mantém seus quatro programas de atendimento via on-line: Assistência Social, Proteção Legal (que auxilia na regularização de documentação), Integração Local e Saúde Mental.

Semanalmente, na sede da CASP, estão sendo atendidas 100 pessoas, mediante agendamento, para receber cestas básicas e a ajuda de subsistência. Desde o início das medidas de isolamento social na cidade, muitas pessoas em situação de refúgio estão sem renda, sobretudo os trabalha- dores autônomos e informais, além daqueles que já estavam desempregados antes da pandemia começar.

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Segundo o Diretor da Caritas, desses programas voltados para os refugiados, a maior procura atualmente é pela Assistência Social, que, só no mês de maio, atendeu 726 pessoas. Entre as necessidades estão a busca de cestas básicas e auxílio para pagar despesas, como o aluguel.

Os programas de Saúde Mental e Proteção Legal atendem virtualmente, mapeando e intervindo, quando necessário, em situações de violência doméstica. A entidade também tem auxiliado os solicitantes de refúgio nos trâmites para obter o auxílio emergencial do Governo Federal.

TEMPO DE CUIDAR

Para conseguir realizar todos esses serviços, sobretudo a distribuição de cestas básicas, materiais de higiene e proteção, a Caritas lançou a campanha “É tempo de cuidar”, por meio de uma plataforma digital que tem o objetivo de arrecadar, até o dia 20 de julho, R$ 20.430,00. Até o momento, a campanha já levantou 51% da meta.

Outras informações sobre a campanha estão disponíveis aqui.

Caritas Arquidiocesana intensifica ações de solidariedade na pandemia

CAMPANHA DO AGASALHO

Na segunda-feira, 22, a Caritas também lançou a campanha anual de arrecadação do agasalho. “Além da realidade de fome que vem atingindo uma grande e significativa parcela da população, devemos nos preparar para outra realidade que todos os anos enfrentamos: o frio”, ressaltou Padre Marcelo, em carta enviada a todas as paróquias e organizações eclesiais.

Os postos de arrecadação da campanha são a Casa de Oração do Povo da Rua (Rua Djalma Dutra, 3, Luz) e a Missão Belém (Praça da Sé, 47, Centro) e todas as paróquias da Arquidiocese.

“Mesmo com a realidade de quarentena e isolamento social, sabemos que muitas paróquias e organizações estão recebendo doações de mantimentos. Aproveitem esses espaços também para arrecadar agasalhos e atender as populações vulneráveis que vivem no entorno”, reforçou o Diretor da Caritas.

LEIA TAMBÉM:

Migrantes e refugiados fazem a diferença por meio da solidariedade durante a pandemia

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Doação de Sangue: um gesto concreto em favor do próximo

Hemocentros de todo país se unem na campanha ‘Somos todos do mesmo sangue’, em vista do Dia Nacional do Doador de Sangue, em 25...

A Igreja terá 128 novos beatos e 6 novos veneráveis Servos de Deus

O Papa autorizou a Congregação das Causas dos Santos a promulgar os decretos de 128 novos beatos e 6 novos veneráveis Servos de Deus...

‘O embrião é uma pessoa humana’, recordam bispos costarriquenhos

No País da América Central, legisladores debatem projeto de lei que busca reconhecer os direitos dos nascituros

No próximo sábado serão criados 13 novos cardeais

Dos 13 novos cardeais, dois não poderão participar das cerimônias por causa da emergência coronavírus: Dom Cornelius Sim, Vigário Apostólico de Brunei e Dom...

Dom Odilo: viver bem cada dia, na esperança de que o Senhor virá

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta terça-feira, 24, na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9...

Newsletter