CELAM e Cáritas convidam os fiéis para dia de oração pelas vítimas da COVID e de furacões

A data escolhida foi 12 de dezembro, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira do continente americano

CELAM e Cáritas convidam os fiéis para dia de oração pelas vítimas da COVID e de furacões
Fonte: Celam

A Presidência do Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) e da Cáritas da América Latina e Caribe convidam as Conferências Episcopais, organizações eclesiais, comunidades religiosas, os movimentos apostólicos e os fiéis para um dia de oração e solidariedade para com as vítimas da pandemia da COVID-19 e dos furacões que, recentemente, atingiram países da América Latina.

A data escolhida foi 12 de dezembro, dia de Nossa Senhora de Guadalupe, Padroeira do continente americano.

Na carta “Um chamado à solidariedade com as vítimas dos furacões e da pandemia na América Central”, assinada em conjunto pelo CELAM e pela Cáritas, os Bispos afirmaram que se sentem “solidários e próximos a todos os nossos irmãos e irmãs que viveram e continuam a viver o impacto dolorosa da pandemia da COVID-19 e, em particular, a população da América Central e Caribe, que foi duramente atingida por dois furacões (Eta e Iota) no mês de novembro”.

Os Bispos recordaram que na Costa Rica, Guatemala, Honduras e Nicarágua mais de 5,3 milhões de pessoas foram afetadas pelos furacões e 330 mil estão vivendo em abrigos temporários porque perderam as suas casas. Além disso, 171 pessoas morreram.

“O objetivo desta campanha é reunir o apoio financeiro necessário para preparar a ajuda de emergência, para que as redes caritativas nestes quatro países da América Central possam ajudar os mais vulneráveis e os mais afetados seja pela crise sanitária, seja pelos furacões”, afirmaram os Prelados.

O Dia de Oração tem como objetivo ressaltar a importância da “comunhão da caridade”, essencial para uma verdadeira “Igreja em saída”.

Os Bispos, por fim, citaram a encíclica Fratelli Tutti, do Papa Francisco: “A caridade, com o seu dinamismo universal, pode construir um mundo novo, porque não é um sentimento estéril, mas a melhor maneira de alcançar caminhos eficazes de desenvolvimento para todos”.

Fontes: Celam e Vatican News

Notícias relacionadas

CELAM e Cáritas convidam os fiéis para dia de oração pelas vítimas da COVID e de furacões

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter