Dom Martinho Adilson Fábio Furtado professa os votos monásticos perpétuos

No mosteiro beneditino de São João Gualberto

Dom Martinho Adilson Fábio Furtado professa os votos monásticos perpétuos
Tiago Donizeti Bueno

No dia 10, aconteceu a festa de Santa Escolástica, irmã gêmea de São Bento, no mosteiro beneditino de São João Gualberto, Setor Pastoral Pirituba. Durante as comemorações, Dom Martinho Adilson Fábio Furtado, OSB, professou os votos monásticos perpétuos e recebeu a solene consagração monacal pelas mãos do Prior, Dom Robson Medeiros Alves, OSB.

A celebração eucarística contou com a presença de diversos amigos do professando e religiosos, e também foi acompanhada ao vivo pelas redes sociais.

Dom Robson, na homilia, ressaltou o chamado de Deus ao professando,  primeiramente  o da santidade, depois o chamado particular à vida monástica. Destacou, também, a vida de comunhão com Deus, e lembrou que agora, consciente e maduro, sabendo tudo o que comporta o chamado comunitário, Dom Martinho deve persistir  na  vocação,  e  exortou-o à fidelidade à vocação que recebeu de Deus.

A Pastoral da Comunicação (Pascom) da Região Lapa conversou com o Irmão Matias Moraes de Barros, OSB. Ele explicou que a profissão dos votos monásticos solenes inaugura um tempo de maior vivência e experiência da vida comunitária. A missão do monge, o próprio rito acentua, é “ressoar nos seus lábios o louvor a Deus e orar sem cessar pela salvação de todo o mundo”. O Irmão ressaltou, ainda, que o sentido de uma comunidade monástica é ser, na Igreja e com a Igreja, um instrumento de oração pela salvação de todas as almas.

(Por Benigno Naveira – Colaborador de Comunicação na Região)

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter