Dom Odilo: aqueles que anunciam um falso evangelho terão de pagar contas diante de Deus

Dom Odilo: aqueles que anunciam um falso evangelho terão de pagar contas diante de Deus

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa desta segunda-feira, 5, na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Nesta data, a Igreja celebra a memória litúrgica de São Benedito, religioso franciscano também conhecido como “o Mouro” ou “o Negro”. Nascido na Sicília, Itália, era filho de escravos vindos da Etiópia. Vendeu seus bens e fez-se eremita franciscano nas vizinhanças de Palermo. Mais tarde, obedecendo a uma determinação do Papa Pio VI, obrigando todos os seguidores da Regra de São Francisco a viverem em conventos de sua Ordem, abandonou o eremitério. No convento, dedicou-se a trabalhos humildes. Chegou a exercer o cargo de superior, mesmo não sendo sacerdote. Morreu em 1589. Seu culto logo se espalhou pela Itália, Espanha, Portugal, Brasil e México.

“Rezemos pela intercessão de São Benedito, pelas comunidades afro-brasileiras que muito o veneram”, recordou Dom Odilo, no início da missa.

O VERDADEIRO EVANGELHO

Na homilia, o Cardeal meditou sobre a primeira leitura (Gl 1,6-12), na qual São Paulo manifesta admiração ao ver que os cristãos da Galácia terem aderido ao evangelho anunciado por outro pregador, diferente daquele anunciado por Cristo.

O Apóstolo usa palavras duras aos fiéis: “Se alguém vos pregar um evangelho diferente daquele que recebestes, seja excomungado”. Em seguida, São Paulo exorta que o Evangelho pregado por ele não é conforme critérios humanos, mas foi recebido por revelação de Jesus Cristo.

Ao comentar este trecho, o Arcebispo que na atualidade existem muitos pregadores que não anunciam o Evangelho autêntico, ensinado pela Igreja e pelos apóstolos. “Há muitas pessoas que buscam um evangelho menos difícil, que não exige a conversão, que desorienta o povo”, ressaltou Dom Odilo, afirmando que aqueles que anunciam esse falso evangelho terão de pagar contas diante de Deus.

FAZER-SE PRÓXIMO

Por fim, o Cardeal refletiu sobre o trecho do Evangelho do dia (Lc 10,25-37), no qual Jesus narra a parábola do bom samaritano, depois de ser interpelado por um mestre da lei sobre quem seria o próximo que deve ser amado.

Dom Odilo enfatizou que, mais do que saber quem é o próximo, é preciso fazer-se próximo, inclinando-se sobre quem necessita a exemplo do samaritano que sem conhecer o homem ferido à beira do caminho, não poupou esforços para socorrê-lo.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter