Há 100 anos, Paróquia São José é presença missionária no Ipiranga

Há 100 anos, Paróquia São José é presença missionária no Ipiranga
Dom Odilo Scherer preside missa em ação de graças pelo centenário da Paróquia São José, no domingo, 13 (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu no domingo, 13, a missa solene em ação de graças pelos 100 anos de criação da Paróquia São José, no Ipiranga, na zona Sul da cidade.

A missa foi concelebrada pelo Pároco, Padre Valdenício Antô- nio da Silva, e demais padres da Congregação dos Religiosos de Nossa Senhora de Sion, responsáveis pelos cuidados pastorais da Paróquia desde a sua fundação.

História

Embora tenha sido instituída como paróquia em 1920, a história dessa comunidade remonta ao ano de 1912, quando os Padres europeus Marc Givilet, Arnaldo Dante e Charles Hoara chegaram a São Paulo.

Quatro anos depois, foi adquirido um terreno no Ipiranga para ser construída uma igreja em honra do padroeiro dos trabalhadores. A terraplanagem começou em 1918 e, em 26 de janeiro do ano seguinte, foi lançada a pedra fundamental.

A primeira festa de São José foi celebrada em março de 1920. Na ocasião, houve a primeira Comunhão de um grupo de 60 crianças. Em 25 de dezembro do mesmo ano, Dom Duarte Leopoldo e Silva, primeiro Arcebispo de São Paulo, erigiu a Paróquia São José do Ipiranga.

Em 11 de maio de 1921, foram concluídas as obras do baldaquino sobre o altar-mor e o forro original da igreja matriz. Em 20 de agosto do mesmo ano, os três sinos do templo foram abençoados e começaram a badalar.

Entre as relíquias da matriz paroquial está o órgão de tubos produzido por Aristides Cavaillet Coll, um dos principais fabricantes de órgãos na Europa do período romântico. Ele foi construído em abril de 1928, na França, possui dois teclados, pedaleira e 13 registros.

‘Alegrai-vos’

Ao falar do centenário, Dom Odilo enfatizou que a ação de graças da comunidade paroquial se une à alegria celebrada na liturgia do 3o Domingo do Advento, também conhecido como “Domingo da Alegria”.

“Vivam a fé de modo alegre, como recomenda São Paulo, porque Deus está perto! Este convite é o que vos faço em qualquer contexto, neste ano de muitas tristezas, no ano da pandemia, com muitas pessoas padecendo, e, mesmo assim, o convite é à alegria. Temos que acolher o Deus que vem, que já está no meio de nós de muitas maneiras, estejamos atentos. Que Ele preencha nossa vida de esperança, de alegria”, exortou o Cardeal.

As comemorações do centenário da Paróquia começaram em novembro de 2019, com a apresentação de uma cruz jubilar que esteve presente em todas as atividades do ano comemorativo. Também foi confeccionada uma edição especial da Bíblia para o jubileu, além do Projeto Benfeitores, que estimulou as famílias da comunidade a colaborar com a Paróquia.

Ano de São José

No fim da celebração, o Arcebispo destacou que a comunidade conclui o centenário no início do Ano de São José, convocado pelo Papa Francisco no dia 8 e que se estende até dezembro de 2021, em comemoração dos 150 anos da proclamação de São José como padroeiro da Igreja Católica.

“O Papa Francisco decidiu que vocês podem continuar por mais um ano o centenário, por causa do Ano de São José, desta vez com toda a Igreja Católica”, comentou Dom Odilo, destacando a oportunidade para que a Paróquia viva intensamente este ano comemorativo, inspirando-se no exemplo de seu padroeiro.

O Cardeal acrescentou que, ao convocar este ano especial, o Santo Padre enfatiza que São José auxilia no cuidado da grande família de Jesus, que é a Igreja. “A família de Nazaré ficou grande e, neste ano, de modo muito especial, o Papa nos convida a olhar especialmente para este Santo justo, padroeiro da centenária Igreja do Ipiranga”, completou.

(Colaborou: Mariana Mariano)

Notícias relacionadas

Há 100 anos, Paróquia São José é presença missionária no Ipiranga

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter