Confira nossa versão impressa

‘Não sejamos indiferentes aos sinais de Deus em nossa vida’

‘Não sejamos indiferentes aos sinais de Deus em nossa vida’

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu a missa na manhã desta terça-feira, 14, na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Neste dia, a Igreja celebra a memória de São Camilo de Lellis, sacerdote italiano que, entre os séculos XVI e XVII, realizou um grande trabalho pelos doentes, em uma época marcada por grandes pestes e assistência sanitária insuficiente. Percebendo a grande necessidade de socorro aos doentes, ele fundou a Ordem dos Ministros dos Enfermos (Camilianos e Camilianas).

“Peçamos, pela intercessão de São Camilo, a saúde para os doentes e a proteção para todos os que trabalham nos hospitais e que cuidam dos enfermos, para que eles também possam ser preservados na sua saúde e, seguindo o exemplo de São Camilo, dedicar-se com grande caridade e sabedoria aos doentes”, destacou Dom Odilo, no início da celebração. 

OBRA DE MISERICÓRDIA

Na homilia, o Cardeal Scherer ressaltou a importância de, nesse tempo de pandemia, recordar as pessoas que deram um grande exemplo de dedicação aos doentes e enfatizou que a obra iniciada por São Camilo continua até os dias atuais.

“Que também hoje, os muitos que se dedicam profissionalmente à saúde possam imitar o exemplo deste santo na dedicação, no amor e na caridade para com os doentes, que precisam, sim, de medicina, de ciência, de cuidados técnicos, de investimentos das políticas públicas de saúde.  Mas tudo isso não é suficiente. Os doentes são pessoas que precisam de afeto, carinho, atenção à suas situações pessoais e, portanto, do amor dedicado a eles. É isso que faz uma grande diferença no cuidado aos doentes”, reforçou o Arcebispo, recordando que o cuidado dos doentes é uma grande obra de misericórdia.

INCREDULIDADE E INDIFERENÇA

Dom Odilo também refletiu sobre o Evangelho do dia (Mt 11,20-24), no qual Jesus repreende o povo da cidades incrédulas, que não o acolheram bem e que não manifestaram a fé na sua pregação, apesar de ele ter realizado milagres e grande sinais.

“Eu vos digo: no dia do julgamento, Tiro e Sidônia serão tratadas com menos dureza do que vós. E tu, Cafarnaum! Acaso serás erguida até o céu? Não! Serás jogada no inferno! Porque, se os milagres que foram realizados no meio de ti tivessem sido feitos em Sodoma, ela existiria até hoje! Eu, porém, vos digo: no dia do juízo, Sodoma será tratada com menos dureza do que vós!”, disse Jesus.

O Cardeal ressaltou que a incredulidade e a indiferença estão muito presentes nas nos dias atuais. “São indiferentes diante do sinal de Deus no meio de nós, do chamado à conversão… Nós também responderemos diante de Deus se não dermos atenção a Jesus Cristo e seu Evangelho. Peçamos, portanto, que o Espírito Santo nos ajude a estarmos atentos e a não sermos indiferentes e com os corações fechados e duros, mas saibamos reconhecer seus sinais em nossa vida”, completou. 

- publicidade -

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Compartilhe!

Últimas Notícias

Cardeal Scherer preside missa arquidiocesana com coroinhas

Este ano, o o evento organizado pela Pastoral Vocacional contou apenas com representantes dos coroinhas e foi transmitido pelas mídias digitais

CNBB: ‘Dom Pedro marcou sua vida pela solidariedade em relação aos mais pobres e sofridos’

Bispo emérito da Prelazia de São Félix do Araguaia (MT) faleceu neste sábado, dia 8

Morre Dom Pedro Casaldáliga

A Prelazia de São Félix do Araguaia (MT), a Congregação dos Missionários Filhos do Imaculado Coração de...

Plantas ganham cada vez mais espaço nas casas e apartamentos!

Uma quitinete de um grande centro urbano pode abrigar uma horta? Confira as histórias de quem cultiva plantas em casa e dicas...

‘O Direito Canônico existe para atender ao mistério da Igreja’

Afirmou o Padre Denilson Geraldo, em aula inaugural do semestre acadêmico da Faculdade de Direito Canônico São Paulo Apóstolo

Newsletter