Na beleza do universo, contemplar a grandeza do Criador

Na quarta-feira, 2 de dezembro, se comemora o Dia Nacional da Astronomia

Na beleza do universo, contemplar a grandeza do Criador
Foto: Pixabay

Em 2015, o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 8/2015 determinou que, a cada 2 de dezembro, seja comemorado, no Brasil, o Dia Nacional da Astronomia. A data foi escolhida para homenagear o nascimento de Dom Pedro II, pois o imperador foi o responsável por equipar e organizar o Observatório Nacional — criado por seu pai, Dom Pedro I, em 1827. Apaixonado por astronomia, Dom Pedro II praticava a ciência de forma amadora.


Em São Paulo, o Planetário do Parque do Ibirapuera oferece uma oportunidade para quem se interessa pelo espaço sideral. Inaugurado em 1957, o Planetário Professor Aristóteles Orsini foi o primeiro do País e nele é possível observar imagens reais de estrelas, planetas, constelações, nebulosas, além do Sol e da Lua. É como se os espectadores viajassem pelo espaço. Todas as estrelas são reproduzidas em cor e brilho reais por um projetor especial. A atração está localizada na Avenida Pedro Álvares Cabral, dentro do Parque Ibirapuera.

Observatório Astronômico

Já o Observatório Astronômico do Vaticano é formado atualmente por uma pequena comunidade de sacerdotes jesuítas cuja missão é apresentar a Igreja para os cientistas e a ciência para a Igreja.

Em uma reportagem publicada no site ACI digital, em 2 de janeiro de 2019, o sacerdote jesuíta Giuseppe Koch, gerente do museu e da biblioteca do Observatório, disse que “aqui outros cientistas que podem ser não crentes ou adeptos de distintas religiões, encontram pessoas com as quais se unem de fato em sua história, e mostram também, sem grandes discursos, que essa convivência entre a pesquisa científica e a adesão à fé em Jesus é vivida serenamente por algumas pessoas que têm cientificamente o seu status profissional”.

O Sacerdote afirmou, ainda, que “estar imersos no mundo da fé permite ler e situar-se diante do universo com os olhos que podem desfrutar a beleza, o estupor e a maravilha disponíveis para todo homem, mas para nós, nos remete imediatamente à beleza e ao poder do Criador. E isso é divulgado no valioso círculo de comunicação que nossos irmãos fazem no mundo”.

Fundado na segunda metade do século XVI, o Observatório Astronômico do Vaticano é considerado um dos institutos de pesquisa científica mais antigos do mundo, e tem vínculo direto com a Santa Sé.

(Com informações de ACI Digital)

Notícias relacionadas

Na beleza do universo, contemplar a grandeza do Criador

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter