Confira nossa versão impressa

Papa telefona para Padre Julio Lancellotti e manifesta proximidade à população de rua

Papa telefona para Padre Julio Lancellotti e manifesta proximidade à população de rua
Padre Julio Lancellotti (Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO)

O Papa Francisco telefonou ao Padre Julio Lancellotti, Vigário Episcopal para a Pastoral do Povo da Rua, da Arquidiocese de São Paulo, na tarde deste sábado, 10, para manifestar sua proximidade à população em situação de rua nesse período de pandemia.

Em entrevista ao O SÃO PAULO, Padre Julio relatou que, às 14h15, recebeu um telefonema de um número não identificado e, quando atendeu, o Pontífice se apresentou: “Sou o Papa Francisco”, perguntando-lhe se desejava falar em espanhol ou italiano.

Em seguida, o Santo Padre informou que viu as fotos do atendimento realizado para a população de rua durante a pandemia, que lhes foram enviadas recentemente por intermédio da Rádio Vaticano.

“O Papa disse que nos acompanha com carinho, sabe das dificuldades que vivemos e para que não desanimemos e tenhamos coragem, como Jesus, estando sempre junto dos pobres”, contou Lancellotti.

Francisco também pediu ao Padre Julio que transmitisse à população de rua que ele os ama muito, os abençoou, pedindo-lhes também suas orações por ele.

“O Papa foi muito simples e próximo, como se conversássemos todos os dias”, destacou o Vigário Episcopal, que ficou emocionado e surpreso com o telefonema. “Eu levei um susto. Quanto ele disse que era o Papa Francisco, fiquei incrédulo no primeiro momento”, disse.

No dia 9 de maio, o Santo Padre telefonou ao Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, também para manifestar proximidade à população da capital paulista e, já naquela ocasião, expressou preocupação com os impactos da pandemia nos mais pobres e vulneráveis de sociedade.

Leia o comunicado da Pastoral do Povo da Rua:

Papa telefona para Padre Julio Lancellotti e manifesta proximidade à população de rua

Notícias relacionadas

Comentários

  1. Pe. Júlio Lancelloti: há MUITO tempo, acolho como Posso, jovens dependentes químicos em situação de rua! Agora, com 76 anos , gostaria de trabalhar com o Senhor, na Pastoral! Estou em Curitiba desde 26/8/20. Não tenho lugar pra morar em São Paulo. Sou 3o Franciscano do VALONGO- Santos- São Paulo. O MEU NOME é Severino Pereira da Silva. ENFERMEIRO aposentado pelo Instituto Butantan-SP + professor do Estado de São Paulo- aposentado. Cursos feitos: PEDAGOGIA pela puc-sp + BIOLOGIA-UnG+ ENFERMAGEM (USP-Ribeirão Preto- UnG)… meu celular: 13- 981820959. Contato: RUA Oscar Cintra Gordinho, 121 – CEP 01512010- A/C MARIA José. Paz e Bem!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Capela do Hospital Municipal Infantil Menino Jesus: 80 anos de história

Na série de reportagens sobre as capelas católicas em unidades hospitalares da capital paulista, o destaque de...

Cátedra de Cultura Judaica da PUC-SP comemora dez anos

O evento transmitido pela internet nesta sexta-feira, 23, marcou as comemorações dos dez anos da Cátedra de...

São João Paulo II: um Santo e poeta da Igreja

Dando sequência a série especial que rememora santos poetas da Igreja ao longo da história, O SÃO...

Declaração de Consenso de Genebra: avanço na luta contra o aborto

Brasil é um dos 32 países que assinam o documento que reforça a autonomia dos país na proteção da vida dos nascituros

Relatório da Caritas SP mostra os impactos da pandemia em crianças refugiadas

A equipe de Proteção do Centro de Referência para Refugiados da Caritas Arquidiocesana de São Paulo (CASP) produziu um relatório sobre os...

Newsletter