Hoje é celebrado São Daniel Comboni, apóstolo de Cristo entre os africanos

Junto aos africanos, viveu secas, viu morrer sua gente, lutou contra a escravidão e até acusações infundadas

Reprodução

“São necessários evangelizadores com entusiasmo e com a paixão apostólica do Bispo Dom Daniel Comboni, apóstolo de Cristo entre os africanos”, disse São João Paulo II sobre esse grande missionário, cuja festa é celebrada em 10 de outubro.

“Ele empregou os recursos da sua rica personalidade e de uma sólida espiritualidade para tornar conhecido e acolhido Cristo na África, continente que ele amava profundamente”, acrescentou o Pontífice em sua homilia de canonização de São Daniel Comboni, em 5 de outubro de 2003.

São Daniel nasceu em Limone sul Garda (Bréscia, Itália), em 1831, em uma família de camponeses pobres. Estudou em Verona, no Colégio São Carlos, que era frequentado por crianças de baixos recursos econômicos. Mais tarde, descobriu sua vocação sacerdotal e missionária.

Foi ordenado sacerdote em 1854 e, anos depois, partiu para as missões na África, onde encontrou-se com uma realidade de pobreza muito chocante. Regressou para a Itália e dedicou-se a pedir ajuda para a missão africana, inclusive no Concílio Vaticano I.

Fundou dois Institutos missionários que hoje são os chamados Missionários Combonianos e Missionárias Combonianas. Foi nomeado Vigário Apostólica da África Central e ordenado Bispo em 1877.

Junto aos africanos, viveu secas, viu morrer sua gente, lutou contra a escravidão e até acusações infundadas. Entretanto, manteve-se fiel à Cruz para conseguir a consolidação da atividade missionária. Depois de ter servido a Cristo em sua querida África, partiu para a Casa do Pai em 10 de outubro de 1881.

Atualmente, os Combonianos seguem trabalhando em diversas obras missionárias do mundo.

(Com informações de acidigital)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter