‘As pessoas que marcaram a vida da Igreja, a história, precisam ser lembradas sempre’

Disse o Cardeal Scherer no programa ‘Encontro com o Pastor’ da sexta-feira, 10, ao convidar os fiéis para a participação na missa pelo centenário de nascimento de Dom Paulo Evaristo Arns, na terça-feira, 14

Foto: Luciney Martins/O SÃO PAULO (setembro de 2016)

Na terça-feira, 14 de setembro, Festa da Exaltação da Santa Cruz, os católicos em São Paulo terão um motivo a mais para celebrar: nesta data se completarão 100 anos do nascimento de Dom Paulo Evaristo Arns (1921-2016), Arcebispo de São Paulo entre 1970 e 1998.

No programa ‘Encontro com o Pastor’ da sexta-feira, 10, na rádio 9 de Julho, o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano de São Paulo, convidou os fiéis à participação na missa de abertura das comemorações do centenário de Dom Paulo, que ocorrerá no dia 14, às 10h, na Catedral da Sé, aberta a todos que queiram participar e com transmissão pelas mídias sociais, a rádio da Arquidiocese e a Rede Vida de Televisão.

“Muitas coisas já estão sendo feitas, muitas iniciativas na Igreja e na sociedade para homenagear Dom Paulo. Isso é bom porque as pessoas importantes que marcaram a vida da Igreja, a história, precisam ser lembradas sempre, porque elas são referências, marcos no caminho e nos orientamos por essas marcas para prosseguir. Lembrar é viver e é, também, tomar novo impulso para ir a diante, conferir o caminho que se está fazendo para se saber se nós estamos no rumo certo. Neste tempo complicado que o Brasil está vivendo, recordar o empenho de Dom Paulo pela dignidade humana, pelas liberdades democráticas, pelo respeito à pessoa humana é muito importante”, afirmou Dom Odilo.

O Arcebispo Metropolitano comentou, ainda, que as marcas profundas deixadas pelo Cardeal Arns nos 28 anos em que esteve à frente da Arquidiocese devem ser recordadas não no sentido de lembranças do passado, mas para inspirar os cristãos nos dias de hoje a estarem atentos às necessidades da Igreja enquanto povo de Deus, comunidade de batizados, discípulos e missionários do Senhor, testemunhas de Jesus Cristo na grande cidade.

Durante o programa de rádio, Dom Odilo também exortou que os fiéis participem das missas dominicais presencialmente, tomando todos os cuidados já conhecidos para não se contagiar com o coronavírus. Pediu, ainda, que as pessoas continuem a fazer uso consciente da água e da energia elétrica, sem desperdícios, uma vez que ainda não choveu em quantidade suficiente para que se descarte o risco de desabastecimentos.

Abaixo, ouça a íntegra do programa da sexta-feira, 10.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter