Casarão da Cidadania completa 100 anos

Casarão da Cidadania completa 100 anos, Jornal O São Paulo
Benigno Naveira

No 17, na Capela Santo Aníbal, pertencente à Paróquia São Pedro Apóstolo, no Central Parque, aconteceu a missa em ação de graças pelo centenário do Casarão da Cidadania, presidida pelo Padre Geraldo Tadeu Furtado, RCJ, Superior Provincial; e concelebrada pelos Padres Bruno Rampazzo, RCJ, Superior-geral; Marcos Lourenço Cardoso, RCJ, Pároco e Conselheiro Provincial; além de outros Padres Rogacionistas. Também participaram religiosos e noviços da Congregação e membros da comunidade paroquial. 

Localizado no bairro da Água Branca, o Casarão da Cidadania foi construído em 1922, no terreno da Vidraria Santa Marina. Por volta dos anos 1960, serviu de locação durante sete anos para a Escola Paulo VI, fundada pelo Padre José Estrela Cartaxo Rolim. Em 1968, a Escola Paulo VI encerrou suas atividades e foi fechada. O proprietário do imóvel na época o colocou à venda em 1969. Na ocasião, o Padre Antônio Chirulli, que era Ecônomo da Congregação dos Rogacionistas do Coração de Jesus, iniciou as negociações para a compra do Casarão, que hoje é a sede da Província Rogacionista São Lucas. 

Entre as participantes da missa estava a moradora mais antiga da rua Santa Marina e paroquiana da comunidade dos Rogacionistas, Vielda Brugnera, de 102 anos (foto). 

Por Benigno Naveira
Colaborador de comunicação da Região Episcopal Lapa

Deixe um comentário