Devotos festejam São Judas Tadeu no santuário no Jabaquara

Devotos festejam São Judas Tadeu no santuário no Jabaquara, Jornal O São Paulo
Priscila Tomé

Na festa litúrgica de São Judas Tadeu, em 28 de outubro, a movimentação dos fiéis no Santuário localizado na Avenida Jabaquara foi intensa o dia inteiro. 

Foram celebradas 12 missas, a primeira iniciada às 5h, a última às 19h30, intercaladas na igreja nova e quadra da Obra Social do Santuário, para evitar aglomerações. Além disso, os fiéis utilizaram máscaras de proteção e álcool em gel em todas as dependências do Santuário. As confissões foram atendidas no Salão Dehon por 12 padres até as 20h e as bênçãos na Sala São Judas foram conduzidas por cinco diáconos até as 21h. 

As atividades do dia foram concluídas com uma live musical com os seminaristas dehonianos, transmitida pelo YouTube e Facebook do Santuário. 

Bem viver o sacramentos

Dom Ângelo Ademir Mezzari, RCJ, presidiu a celebração solene das 12h, concelebrada pelo Padre Flávio Aparecido Alves, SCJ. Na homilia, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Episcopal Ipiranga ressaltou a vivência dos sacramentos pelos cristãos, para que Deus possa agir e fortalecer a fé em todos os momentos da vida cristã, tema da novena e festa de São Judas, cujo lema é “Hoje, a salvação entrou na tua casa” (Lc 19,9). 

O Bispo também presidiu uma das missas da novena no dia 24, quando falou sobre o sacramento do Matrimônio, ocasião em que também rezou pedindo a intercessão de São Judas para mais e santas vocações para a Igreja, partindo das famílias cristãs de hoje.

Deus caminha com os apóstolos e a Igreja

A missa das 17h no dia do padroeiro, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas redes sociais do santuário, foi presidida pelo Cardeal Odilo Pedro Scherer. Na homilia, o Arcebispo Metropolitano enfatizou que Jesus sempre está no meio dos cristãos reunidos e que a Igreja nunca irá deixar de seguir a doutrina apostólica.

“Ele está, sim, presente, verdadeiramente no meio de nós, e acompanha a comunidade dos discípulos Dele, que somos nós. Continua a chamar a todos nós, para que continuemos a missão que Ele deu aos apóstolos e que hoje cabe a nós. O Espírito Santo conduz a Igreja!”, ressaltou Dom Odilo. 

“Da nossa parte, façamos aquilo que Jesus pediu que os discípulos fizessem: chamar, contar pra todos, convidá-los a participar, trazendo-os para perto, para que também possam experimentar a alegria do encontro com Ele, do encontro e da salvação!”, prosseguiu o Arcebispo Metropolitano, ao comentar sobre o valor de que todos caminhem unidos na fé, na esperança e na caridade.

Dom Odilo também enfatizou que a Igreja permanece fiel à doutrina dos apóstolos: “Nossa Igreja é católica apostólica romana. Nunca se afastou da fé dos apóstolos. Nós não inventamos a Igreja, e temos a graça e o dom de participar da doutrina dos apóstolos, da mesma fé daqueles que vieram antes de nós. A Igreja caminha no ensinamento dos apóstolos que nos transmitiram a palavra de Jesus”, destacou, desejando, por fim, que, na festa litúrgica dos apóstolos São Simão e São Judas Tadeu, Deus fortaleça a Igreja a caminho unida, especialmente neste momento do Sínodo universal. 

“O Papa nos convoca a participarmos do Sínodo da Igreja como um todo. Sínodo significa ‘estar juntos’, ‘caminhar juntos’, no mesmo caminho de Jesus, unidos em comunhão, unidos na mesma preocupação pela vida, e à missão da Igreja do qual somos parte. Que o Espírito Santo nos ilumine e fortaleça no caminho de Jesus, ensinado pelos apóstolos”, concluiu. 

(Com informações do Departamento de Comunicação do Santuário São Judas Tadeu)

Deixe um comentário