Dia do Palhaço é celebrado com vasta programação circense em todas as regiões de São Paulo

Equipamentos culturais municipais recebem atividades para celebrar uma das figuras mais emblemáticas do circo neste sábado (10)

Dia do Palhaço é celebrado com vasta programação circense em todas as regiões de São Paulo, Jornal O São Paulo
Foto: Pixabay

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, promove uma série de eventos para comemorar o Dia do Palhaço, instituído em 10 de dezembro. Neste sábado (10), equipamentos culturais municipais de todas as regiões de São Paulo recebem uma vasta programação artística ao longo do dia, para todos os públicos.

A iniciativa surge como um apoio à arte circense e leva para os cinco pontos da capital paulista ações artísticas, artistas e projetos especiais que homenageiem o circo e os profissionais desta linguagem artística de forma ampliada.

A atração Esquadrão Bombelhaço, na Casa de Cultura Itaquera – Raul Seixas (Zona Leste) é uma das atrações no período da manhã – a partir das 11h, o espetáculo retrata a atrapalhada tentativa de um esquadrão de palhaços bombeiros de resgatar um gatinho preso. Na Casa de Cultura Vila Guilherme (Zona Norte), às 13h, Kalabasi conta a história de uma jovem mulher que busca o amor por meio de um concurso, com provas e acrobacias. No mesmo horário, 13h, a Casa de Cultura M’Boi Mirim recebe No Pocket – Um Espetáculo para Todos os Bolsos, que apresenta um diferencial: tem como fio condutor a relação direta dos artistas com o público.

Já às 14h, a Vila Itororó (Centro) apresenta Marcelino, um palhaço equilibrista mágico musical que compõe com tudo à sua volta, enquanto canta e dança sob um fio. O Museu Casa do Bandeirante apresenta ao público da Zona Oeste o espetáculo Retirantes, uma reflexão sobre a busca de um sonho ou vida melhor após abandonar um lugar, tudo dentro de um universo sertanejo.

Abaixo, confira a programação completa.

PROGRAMAÇÃO CASAS DE CULTURA

Morrer para ganhar dinheiro

No meio da pandemia Catarina foi desligada do emprego e encontra Cora no escritório, onde será admitida. Cora fica com pena da amiga e tem uma brilhante ideia, morrer para ganhar dinheiro do seguro. As duas tramam tudo, mas são descobertas pela Fogoió que deixa claro que o seguro não paga nem o caixão.

Casa de Cultura Brasilândia, 10/12 às 13h.

Qual é seu trabalho, palhaço?

Os palhaços Billie e Quitinha que, assim que terminam o seu show, se dão conta de que estão trabalhando em troca de nada. Decidem então procurar outro trabalho que pudesse ser melhor remunerado. Ao se depararem com o mercado de trabalho, são levados a refletirem se poderiam mesmo abandonar as essências da palhaçaria e como sobreviver diante disso?

Casa de Cultura Brasilândia, 10/12 às 14h30.

DIVAS DO MALABARISMO

O espetáculo é constituído por números de malabares inspirados em homenagear três grandes artistas do passado. Kathi Gultini, artista alemã nascida em 1889; Jenny Jaeger, russa que nasceu em 1909 E Eva Vida, da Hungria, conhecida por seu glamour; se formou na Escola de Artes do Circo de Budapeste em 1959.

Casa de Cultura Brasilândia, 10/12 às 16h.

Eranko

“O espetáculo é inspirado pela potência humana enquanto ser animal. Nesta obra circense o instinto, a visceralidade e a simplicidade do homem contemporâneo ganham qualidade de alta tecnologia humana, ou seja, resgata a essência da natureza selvagem em nós, por isso ERANKO, que significa animal no idioma Yoruba.

Casa de Cultura Butantã, 10/12 às 13h.

Show de Variedades Palhacísticas do CnB

Show de variedades artísticas protagonizadas por palhaços de todos os tipos. O Show em homenagem ao dia do palhaço, já é tradição do Coletivo Circo no Beco. Reunimos em um mesmo espaço, uma grande variedade de números e manifestações artísticas em uma única apresentação: circo, dança, música, stand up, teatro e, é claro, muita palhaçada.

Casa de Cultura Butantã, 10/12 às 14h30.

Espetáculo Vaga

Edi apresenta a excentricidade do tramp, um palhaço maltrapilho e esfarrapado que VAGA com seu companheiro Derick (uma chinchila de pelúcia) e seu carrinho de compras repleto de bugigangas que aos poucos vão se transformando, espalhando e ocupando o espaço, manipulação de objetos, equilíbrio, magia cômica reunindo os talentos do artista múltiplo.

Casa de Cultura Campo Limpo, 10/12 às 13h.

Circo Curtição

A Palhaça Curtiça, apresenta Circo Curtição, herança que ficou de sua avó. Cheia de dúvidas, Curtiça encontra inspiração nas lembranças do circo na época da sua avó para dar continuidade ao seu legado. Em meio a muitas trapalhadas, apresenta paródias dos números clássicos com mágica, música, ilusionismo e dança com um grande FIM.

Casa de Cultura Campo Limpo, 10/12 às 14h.

MOBILE

Este projeto artístico inédito explora a manipulação, jogo e relação com os objetos de cena, transformando-os e à cena que tece uma dramaturgia de situações mesclando as linguagens do circo contemporâneo, comicidade e teatro físico, com referências estéticas ao Cinema Mudo. Uma obra inspirada pela temática da Mobilidade Humana.

Casa de Cultura Campo Limpo, 10/12 às 15h.

Família Barmú

Após longos anos distantes, os irmãos colombianos Satin, Canty e Granito se reencontraram em São Paulo e formaram o grupo Família Barmú (Barbosa Munoz).

Neste espetáculo, o grupo apresenta um show cômico de mágica e música, que conduz o público por momentos de leveza, surpresas e risos!

Casa de Cultura Campo Limpo, 10/12 às 16h30.

Atenção, Respeitável Público!

Brigite Margô e Begônia apresentam ao público esquetes cômicas baseadas na tradição brasileira circense. A dupla cômica “Branco e Augusto” serve como ponto de partida para as relações criadas entre as duas palhaças que, em meio a muitas confusões, divertem e encantam espectadores de todas as idades.

Casa de Cultura Vila Guilherme, 10/12 às 11h.

Cortejo das Manas

Todas as manas, minas e monas do nariz vermelho presentes! O Cortejo das Manas trás as palhaças malabaristas, acrobatas, pernaltas e musicas pra rua, afim de encantar e brincar com transeuntes diversos da rua através do riso feminino.

Casa de Cultura Vila Guilherme, 10/12 às 12h.

Kalabasi

Uma jovem mulher quer se casar… mas não com qualquer João ninguém Organiza um concurso de amor para encontrar, no público, a pessoa perfeita. Dois felizes candidatxs passarão umas provas e depois será a vez dela de seduzi-lxs executando acrobacias na sua bicicleta amarela e falando ao revés. Um romântico conjunto de circo, palhaço e poesia.

Casa de Cultura Vila Guilherme, 10/12 às 13h.

Cabaré das Amazonas

Mulheres de diferentes culturas e etnias apresentam um espetáculo de circo inspirado pela força da diversidade feminina. Sob a direção de Erica Stoppel, mulheres malabaristas, acrobatas, musicistas e palhaças se unem em um espetáculo com criações de cunho autoral para aproximar o público da linguagem circense.

Casa de Cultura Vila Guilherme, 10/12 às 14h30.

Cabaré Sabatino Bros é 10

Um Cabaré de números fortes e impactantes, todos de alto nível técnico, 10 números nota 10. Este espetáculo traz a mensagem que precisamos viver o presente, a mensagem que filosofa o que estamos vivendo atualmente. Números aéreos no tecido, trapézio e barra fixa, no solo temos parada de mão, acrobacias e palhaçadas.

Casa de Cultura Vila Guilherme, 10/12 às 16h.

Espetáculo “A menina e o pássaro encantado”

Era uma vez uma menina que tinha muitos pássaros, e descobriu que um deles era encantado. Inspirado no texto homônimo de Rubens Alves, a artista circense utiliza as técnicas de Roda Cyr e Lollipop Lira para narrar esta história sobre amor, saudade e liberdade.

Casa de Cultura Itaim Paulista, 10/12 às 16h.

Suspiros e Borbujas

Cria uma atmosfera mágica, um encontro espontâneo do público que se aproxima pelo encantamento do palhaço, da palhaça, das bolhas de sabão gigantes e da singela música feita pelo acordeón e escaleta. Os artistas utilizam as técnicas da acrobacia de dupla, malabares e música ao vivo tendo como base a linguagem da palhaçaria.

Casa de Cultura Itaim Paulista, 10/12 às 17h.

“Romiseta e sua Partner em… MAGIA CÔMICA”

Um dos artistas mais renomados e conhecidos no mundo do circo,o palhaço Romiseta juntamente com sua parceira de palco(machadão)Fazem de um número de magia a mais cômica e atrapalhada reprise de circo já vista levando adultos e crianças a longas e divertidas gargalhadas.

Casa de Cultura Santo Amaro – Manuel Mendonça, 10/12 às 14h.

Trinca

Pira e Rufina são duas palhaças aventureiras que viajaram o mundo todo desbravando o reino das criaturas aladas, e trazem para o público um encantador e divertido espetáculo cheio de atrações: Jaçanã, o pássaro saltador; o incrível e raro ovo da Arara de Sete Cores (boneco); instrumentos de equilíbrio, canções e muitas outras.

Casa de Cultura Santo Amaro – Manuel Mendonça, 10/12 às 15h.

Payaso na Feira

Baseado nos grandiosos palhaços de rua Pepe, Karcocha e Lois; Payaso na Feira, é uma ação performática do palhaço Joaquim que lida com o improvável interagindo de forma cênica com quem passa pela feira de rua. Munido com utensílios secretos utilizados para fazer rir, com certeza comer um pastel será bem improvável e divertido.

Casa de Cultura Santo Amaro – Júlio Guerra, 10/12 às 13h.

Viva

Em VIVA! A vida é um espetáculo! Mixuruca nos convida a esquecer por alguns minutos todas as dificuldades pelas quais o mundo está vivendo e nos conduz pelo mundo da alegria e da fantasia, com toda graça e leveza do circo, tendo a felicidade como protagonista.

Casa de Cultura Santo Amaro – Júlio Guerra, 10/12 às 15h.

No Pocket – Um Espetáculo para Todos os Bolsos

No Pocket utiliza as charlas clássicas, a música, a dança e a comédia física na criação de gags e cenas cômicas. Uma sucessão de números que exploram o virtuosismo técnico acompanhado por música ao vivo. O fio condutor da sua dramaturgia é a relação direta dos artistas com o público, sendo este um importante elemento no jogo estabelecido.

Casa de Cultura MBoi Mirim, 10/12 às 13h.

Circo Rodado: Circo Zika

Abelardo Biloba está contratando artistas de todas as espécies para o seu circo de mala, ou melhor, seu show maleável! A vaga é preenchida por um finório personagem nunca visto antes: um mosquito que é Zika! e pode causar um enorme estrago. Um espetáculo que cabe dentro de uma mala e está cheio de gambiarras e traquitanas.

Casa de Cultura MBoi Mirim, 10/12 às 14h30.

Cabaré Cirqu&Tal

Quando quatro palhaços se encontram e resolvem fazer o seu próprio cabaré, o mundo do circo vira de cabeça para baixo. Apresentando diversas habilidades circenses, esses atrapalhados artistas provocam o riso e o encantamento do público com música, clássicos do circo e também trapalhadas originais.

Casa de Cultura MBoi Mirim, 10/12 às 16h.

Um dia com a Família Burg

Um dia com a Família Burg é um espetáculo de palhaçaria clássica que traz para o picadeiro as esquetes do repertório circense e ainda esquetes autorais. Em cinquenta minutos a dinâmica do trio de palhaços alterna humor e muita acrobacia criativa, convidando o público a integrar várias das cenas.

Casa de Cultura MBoi Mirim, 10/12 às 17h.

Uma Corda No Tan Cuerda

Granito é pequenininho, mas com o coração grande. Seus mistérios, cheios de aparições insólitas e magicamente inesperadas, balanceadas no ponto de equilíbrio, fazem com que o público se deleite entre o riso e a fantasia. Um espetáculo de mágica e corda bamba.

Casa de Cultura São Mateus, 10/12 às 13h.

Circo Corujinha – espetáculo “Oficina de Palhaço”

Mano tensão é um palhaço mecânico, engenheiro das engenhocas, dominador da técnica da gambiarra e entusiasta dos mecanismos do riso. Dizem por aí que ele é capaz de consertar qualquer coisa. Dentro de sua caixa de ferramentas, ele conta com objetos tecnológicos atemporais, capazes de transformar obsolescências em artifícios do riso.

Casa de Cultura São Miguel, 10/12 às 11h.

Amateur

É simples, imperfeito, otimista, tonto, sonhador, fantasioso, delirante e louco. Do encontro entre Satin e o público nasce uma cumplicidade. A intenção deste jogo é a diversão mútua e, por um momento, esquecer as adversidades da vida e rir, sobretudo rir.

Casa de Cultura São Miguel, 10/12 às 12h.

Fabuloso Parque Itinerante Circle

O Fabuloso Parque Itinerante Circle é um cortejo com várias atrações circenses, que chegam em aparelhos de circo, remetendo ao lindo parque de diversão, como um cavalo solto de um carrossel (perna-de-pau) carrinhos de bate-bate (monociclo), roda gigante (roda alema?) e fechando o cortejo uma kombi com uma estrutura para ae?reos, apresenta a lira.

Casa de Cultura São Miguel, 10/12 às 13h.

Astolpho Pitoresco, Esparadrapo e Tuf–Tuf brincam com gente miúda.

Show circense com os palhaços Astolpho Pitoresco, Esparadrapo & Tuf-Tuf, respectivamente Alexandre Santo, Júlia Bruno e Flávio Marin, o espetáculo tem várias esquetes de palhaços, números com pernas-de-pau, malabarismo, mágicas, músicas com acordeon e muita interação com o público.

Casa de Cultura São Rafael, 10/12 às 15h.

O Circo Mandinga

O Circo Mandinga é um show de variedades de bonecos, objetos, brinquedos e mágicas voltados para a cultura popular.

Casa de Cultura São Rafael, 10/12 às 16h.

Esquadrão Bombelhaço

Um batalhão de bombeiros composto por palhaços corre para o salvamento de um gatinho que ficou preso em cima de um muro. Um carro entra em alta velocidade com o esquadrão e seus equipamentos de combate ao fogo… A tropa atrapalhada inicia seus procedimentos de salvamento entre trombadas, tropeços, saltos na pizza e bofetões.

Casa de Cultura Itaquera/Raul Seixas, 10/12 às 11h.

Espetáculo Catappum

Os atrapalhados palhaços se envolvem no grande mistério de descobrir quem é o responsável por fazer toda a cidade cair num sono profundo. O espetáculo traz a estética preta para o picadeiro dos palhaços, com música ao vivo, bonecos e jogos com a plateia.

Casa de Cultura Itaquera/Raul Seixas, 10/12 às 13h.

Circo Germinação

O Circo Germinação é um encontro de artistas circenses cujas habilidades permeiam o lúdico. Os artistas que participam do Circo Germinação contam sim com habilidades virtuosas, mas principalmente seu caráter lúdico.

Casa de Cultura Tremembé, 10/12 às 12h.

Giramunda Circo

“Giramunda Circo” é uma intervenção que dialoga entre as técnicas e poéticas do circo e do teatro em miniatura. Compõe um curto espetáculo que acontece dentro de uma pequena mala suspensa no corpo da atriz – manipuladora, onde a Palhaça Giramunda em meio a tantas trapalhadas, se dá conta de que não poderá mais trabalhar em seu circo picadeiro.

Casa de Cultura Tremembé, 10/12 às 13h.

Espetáculo Circense Leve Contrapeso

Pixuxu e Saracutica resolvem criar um grande show, inspirados pelos grandes artistas do circo, tomam a frente do picadeiro mostrando tudo o que sabem. Se divertem realizando diversas acrobacias, peripécias com monociclo, malabares e um chicote que rasga tudo em segundos. Meio a essa confusão, precisarão da ajuda de todos vocês!

Casa de Cultura Tremembé, 10/12 às 14h.

O CIRCO MÁGICO DOS SONHOS

Palhaço TETÉO se apresenta com mágicas cômicas, esquetes circenses e brincadeiras interativas.

Casa de Cultura Guaianases, 10/12 às 14h.

PROGRAMAÇÃO CENTROS CULTURAIS

Desconforto e o Círculo Mágico

Desconforto e o Círculo Mágico é um espetáculo onde conforto, um palhaço muito atrapalhado que acredita ser um grande ilusionista, tenta convencer a todos de que realmente consegue realizar um grande show, mostrando que foi ele quem fez tudo, tenta realizar sua “grande apresentação”…! Por vezes seus truques dão certo, outras, nem tanto, criando assim, expectativas e causando gargalhadas por conta de seu fracasso.

Teatro Flávio Império, 10/12 às 11h.

A Andarilha

A palhaça Rufina vem chegando com seu carrinho de bebê! Ao deparar-se com uma sanfoneira começa a fazer um show, muito carismática, a palhaça revela um universo bastante peculiar, de memórias, sonhos e humanidades. O espetáculo utiliza recursos como acrobacia, magia cômica, malabares, instrumentos excêntricos e conta com trilha executada ao vivo.

Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, 10/12 às 10h.

Show da Percha

Com seu número principal a Percha, um mastro sustentado e equilibrado por uma pessoa enquanto uma segunda sobe no topo do mastro se equilibrando e executando belas acrobacias a metros de altura. Seus protagonistas, a Palhaça Francisquinha e o Malabarista Diou, o espetáculo segue com de maneira muito divertida e cômica.

Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, 10/12 às 11h.

“Buzanfinha a Patita e Miriam Avó, mãe e filho Excêntricos Musical”

Avó, Mãe e filho tradicionais de circo resgatam o número antigo circense da palhaçaria, Os excêntricos Musicais onde as artistas Miriam Ortany e Claudiah Ortany tocam instrumentos e o palhaço Dyllan Brede atrapalha a cena com muita comicidade até que ele se junta à trupe e toca o gran finale na bateria de latas.

Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, 10/12 às 12h.

Unidos Somos + Fortes

Nas praças Tibério encontra seu espaço, e gentilmente compartilha sua longa e trágica história de anos no circo. Com brincadeiras e habilidades,Tibério une o público no riso, lutando contra preconceitos, o palhaço conquista do público a oportunidade de realizar seu grande sonho de vida… ser ARTISTA apresentando seu grande número final!

Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes, 10/12 às 13h.

Palmas para Picolina!

A Palhaça Picolina trabalhava no Circo Bancarrota desde pequenininha e nem percebeu o tempo passando. Quando ela estava prestes a completar 60 anos, percebeu que a maneira com que as pessoas olhavam o mundo havia mudado. Uma história repleta de delicadezas que busca compreender as diferenças entre as gerações.

Centro Cultural Penha, 10/12 às 15h.

Serenatas Sem Fronteiras

Unindo música e palhaçaria, o projeto promove um cortejo-espetáculo que realiza serenatas pela rua, passando principalmente pelas portas e janelas de pessoas que vivem em periferias das cidades. O trajeto é previamente combinado com lideranças locais de cada comunidade, para atrair ao máximo o público local, encantando crianças de todas as idades.

Centro de Memória do Circo, 10/12 às 12h.

PANDEGA INVASÃO

E tem palhaçada? Tem sim, senhor!!! E tem malabaristas, acróbatas, equilibristas, mágicos, perna de pau e contorcionistas. Neste cortejo, 15 artistas circenses, vindos de renomadas companhias, dão as boas-vindas para a alegria!! Ao som de canções de jazz executadas ao vivo, os transeuntes poderão se divertir como nunca.

Centro de Memória do Circo, 10/12 às 14h.

PALHACEATA

A palhaceata é composta por um desfile de 22 palhaços pelo centro de São Paulo,onde fazem um esquenta muito animado com uma super bandinha (charanga) q acompanha toda a trajetória dos palhaços animando e avisando ao publico o inicio de um super espetáculo circense repleto de números como… malabares ;magia,equilibrismo,laços e chicotes,bambolê.

Centro de Memória do Circo, 10/12 às 10h.

LOS BRANDA – FORÇA EQUILÍBRIO

Número de Tranca (número em que o artista deitado no coxim, movimenta com os pés diversos objetos), Número de Icários (número em que o artista deitado no coxim e movimenta com os pés pessoas).

Centro de Memória do Circo, 10/12 às 15h.

Será que chego lá?

Depois de uma longa viagem, Palhaço Belinha chega em um lugar desconhecido, onde aguarda por um transporte para levá-lo ao seu destino. Cansado e entediado, começa a jogar com a situações que vão aparecendo ao longo desta espera.

Centro de Memória do Circo, 10/12 às 16h.

Funúncia e Funcióvisk

Funúncia convida um grande artista internacional, fugido diretamente da Rússia para compor seu espetáculo. Trazendo números jamais visto aos olhos nus como: equilibrismo russo, mágicas russas e o desafiador e perigoso engolidor de balão russo.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 10h.

Cola Shows

As gêmeas malabaristas mais carismáticas de Ribeirão Preto vem para desconstruir tantos conceitos ultrapassados, além de cativar todo o público com esse espetáculo que explora o mundo do malabarismo através de números contemporâneos e experimentais.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 12h.

BESOURO MUTANTE

Três vendedores charlatões rodam o mundo dentro de um fusca 73, divulgando seu produto, o Elixixir Besouro Mutante, uma bebida milagrosa capaz de resolver todos os males, físicos e psíquicos. Através das habilidades circenses tentar convencer a plateia dos benefícios do produto.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 14h.

Ai que Preguiça (tenda)

Palhaço Cláudio mostra problemas de concentração para realizar seu trabalho de faxina, se distraindo facilmente com qualquer objeto e dando às à sua fértil imaginação, transformando uma tarde de trabalho maçante em uma série de acontecimentos, desde uma luta de boxe até uma dança romântica ao som de uma bela valsa.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 16h.

Tomate, Puro Tomate

Tomate, Puro Tomate é um show de Manipulação de Balões, Comédia, Magia e Malabarismo, todos apresentados de uma maneira original e divertida. Ideal para toda a família, nos faz rir e pensar em nossos problemas como sociedade. Com momentos inocentes e ácidos, o Palhaço Tomate nos oferece risos, ação, fascinação e emoções.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 17h.

Sobre tomates, tamancos e tesouras

Este espetáculo conta a história de Mafalda Mafalda, uma artista de cabaré banida pelo seu público após uma apresentação mal sucedida. Por meio de flashbacks reais e também por depoimentos, nossa protagonista tem acesso a uma realidade deturpada dos fatos, porém logo acaba por saber que algo mais grave se passou na fatídica apresentação.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 19h.

Circo Zanni

Circo Zanni é um espetáculo de variedades. A atmosfera dos circos clássicos e tradicionais com elementos contemporâneos incorporados pela trupe através de números aéreos, de acrobacia, equilíbrio e magia, palhaçaria e música ao vivo.

Centro Cultural Tendal da Lapa, 10/12 às 20h30.

O Pequeno Circo de Trapos

04 palhaços chegam a um pequeno circo, e, aos poucos cada um vai tomando uma função, todos em nome do mesmo propósito: realizar um espetáculo cheio de imagens e mistérios. Entre músicas, poesias, peripécias e brincadeiras eles vão propor ao público o encantamento e a reflexão, mas sem abrir mão do riso.

Centro Cultural Santo Amaro, 10/12 às 11h.

Circo Malabarístico

Artistas interagem com o público explorando os diferentes ângulos e possibilidades do malabarismo. Com diálogos nonsense e piadas rápidas, eles selecionam “voluntários” na plateia para ficarem sob a passagem de facas e apresentam um desengonçado balé jogando malabares com cones de rua.

Centro Cultural da Diversidade, 10/12 às 15h.

“Trio Flamini Um solo cômico musical e excêntrico “

O Trio Flamini é convocado para sua próxima apresentação: a cortina se abre e o público aplaude, mas apenas um artista aparece. Valentin Flamini, na constante espera de seus companheiros, tentará de tudo para sustentar o espetáculo com malabarismo, dança insensata e múltiplos instrumentos musicais, até no fim se descobrir como ”hombre-banda”!!!

Centro Cultural da Diversidade, 10/12 às 16h.

O Gesto Acrobático

Uma cadeira e um mancebo esquisito… que lugar é esse? É exatamente o lugar onde um sujeito rabugento e ranzinza se redescobre, entre velhas notícias e objetos de seu passado. Magicamente surgem daí gestos acrobáticos que se desdobram em músicas e malabarismos fantásticos num instante de tempo onde a vida passa diante de seus olhos.

Centro Cultural da Diversidade, 10/12 às 17h.

A Trombeta Apocalíptica

Os palhaços Buiú e Teta iniciam mais um dia de vendas de porções dos quitutes de reviradinhos Vai Que Sobra. Porém, são interrompidos por uma trombeta que berra notícias absurdas. Entre elas: um vírus avassalador, a inflação montada a cavalo e a barriga que ronca sem parar. Será que a Dupla dará nó em pingo d’água pra sobreviver a esse apocalipse?

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 11h.

Rádio Sarinha (Itinerante)

Os Palhaços são repórteres da rádio Passarinha. O público dá entrevistas para a rádio relembrando canções e acontecimentos relacionados à histórias de infância. A intervenção brinca com universo musical, radialístico e jornalístico para promover diálogo entre os palhaços e seus interlocutores, tendo a musicalidade na infância como tema de fundo.

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 12h.

Dr. Estica Pele em: 50 Razões para Rir! (Instalação/Cartoon)

A linguagem da palhaçaria aliada à arte da caricatura promove a integração artística: os interagem com o “famoso cirurgião plástico” Dr. Esticapele, que fará uma demonstração de sua técnica cirúrgica: a celebração do excesso! Trata-se da feitura da caricatura do público, com intervenção do ator palhaço, que será ofertada ao participante.

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 13h.

Flor Flo F

Três palhaços, um Pipoqueiro (que vende… pipoca), um Noivo (que quer… se casar) e um Músico (que… toma conta de uma flor) fazem da rua o seu Circo.

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 13h.

Marcelino

O espetáculo é um solo de um palhaço equilibrista mágico musical. ? Marcelino é um maestro excêntrico que compõem com tudo que está a sua volta. ? Clown, aporta diálogos e conflitos construindo pequenas composições com seu grande aparelho de equilíbrio, sua musicalidade e mágicas. Sob um fio ele dança, canta e emociona num tom “chapliniano”.

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 14h.

MCirco

Entre rimas e truques beats e “looks”, MCirco apresenta um mundo com ritmo, poesia, malabarismo, comicidade, música e mensagem. Um mestre de cerimônias, rapper e circense que transita entre a realidade e a ficção, o hip hop e o circo acompanhado do “dj”.

Polo Cultural Municipal Vila Itororó, 10/12 às 15h.

PROGRAMAÇÃO MUSEUS

A Espetacular Volta ao Mundo

Com muita diversão, dois palhaços charlatões, através de muita confusão e brincadeiras, tentam convencer o público que deram a volta ao mundo. Nestas viagens trouxeram personalidades incríveis vindas de terras distantes com habilidades inimagináveis como: telepatia, tiro ao alvo, adestramento de fera e acrobacia.

Museu Casa do Sertanista, 10/12 às 11h.

Sem Condições

Circo Piorou apresenta a intervenção “Sem Condições”, o circo e o futebol jogando juntos no mesmo time. Através de dribles e malabares, os palhaços convidam o transeunte para participar da brincadeira com riso e bola na rede.

Museu Casa do Sertanista, 10/12 às 12h.

Reprise – La Mínima

Ao chegarem no local de apresentação, 2 palhaços descobrem que foram contratados para o mesmo espetáculo. Após infrutíferas tentativas de provar um ao outro sua prioridade no picadeiro, decidem realizar este trabalho juntos, e, no decorrer do show, percebem que juntos seus talentos se multiplicam.

Museu Casa do Sertanista, 10/12 às 13h.

Tarde de Palhaçadas

Com números clássicos de palhaços circenses, inspirados em nomes como Arrelia, Fuzarca, Carequinha, o espetáculo foi todo formatado para obter a total interatividade do público. Pensado como um espetáculo itinerante tem cenografia extremamente funcional, o que possibilita sua apresentação no pátio de escolas, praças e ruas.

Museu Casa do Sertanista, 10/12 às 14h.

Irmãos Tilt

Os Piratas da Perna de Pau é um espetáculo cômico de uma dupla do cerrado que vieram se aventurar em São Paulo, poético e virtuoso. Foi concebido e aperfeiçoado nas ruas e parques da capital de SP seguindo a linguagem do Teatro de Rua e toda sua camelôturgia.

Museu Casa do Bandeirante, 10/12 às 11h.

O Cubo na Roda

Misturando malabares e comicidade, Senhorita Ninow e Mister Gomes – o casal pop-street o romantismo moderno – abrem seu picadeiro na rua e contam com o auxílio de um corajoso ajudante para mostrarem suas habilidades circenses e se divertirem muito com o público, rompendo muitas vezes com a fronteira imaginária entre o picadeiro e a platéia.

Museu Casa do Bandeirante, 10/12 às 12h.

Allegro Andante

Allegro Andante é um espetáculo circense de linguagem popular e festiva. Através das técnicas de parada de mãos, mão a mão, malabares, bicicleta acrobática e muita comicidade a família Barnabô garante bons momentos para toda a família!

Museu Casa do Bandeirante, 10/12 às 13h.

Retirantes

Retirantes se passa num universo sertanejo, mas através da brincadeira, da emoção e principalmente da memória, convida a todos a pensar em que momento da vida também somos retirantes. Em que momento abandonamos um lugar em busca de um sonho ou de uma vida melhor? A mudança faz parte da vida e o aqui e agora é o único lar que podemos ter.

Museu Casa do Bandeirante, 10/12 às 14h.

PROGRAMAÇÃO BIBLIOTECAS

Kazanki

Kazanki é uma expressão utilizada pelo artista que pode ser interpretada pelo público de diferentes maneiras: num momento pode ser o mundo mágico onde transcorre a cena; noutro as palavras mágicas no encantamento da fantasia, das aparições e transformações do espetáculo.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 10h.

GERINFONSA o mini circo Ambulante

Um pequeno carrinho cênico, com temática circense se mistura ao cenário urbano em meio a outros carrinhos de comércio ambulante, porém o nosso produto é a arte circense, com uma chamada clássica do circo tradicional, usando números de mágica, ventríloqua e malabarismo, o palhaço ganha as ruas fazendo do céu sua lona e da praça seu picadeiro.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 11h30.

Espetáculo O Macaco e a Lua

Dois palhaços pescadores se perdem em alto mar. Em busca de comida, eles acabam pescando um livro de contos africanos e iniciam uma travessia imaginária até a África. Através da leitura da lenda africana O Macaco e a Lua, eles entram em uma grande aventura onde descobrem a origem do tambor e suas raízes de matrizes africanas.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 13h.

CARPINTEIROS EM DOMICÍLIO

Dois palhaços chegam com um monociclo carregando madeiras para iniciar uma divertida obra. Realizam números de monociclo, rola-rola, mágicas close-up e acrobacias diversas, sempre interagindo com o público. Aqui a Cia Suno demonstra habilidades técnicas de circo realizando malabarismos e equilibrismos com trenas, cadeiras, escada e marmitas.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 14h30.

Clownbaré de Variedades

O Clownbaret traz diversos números do seu repertório destes 13 anos de trajetória.Números musicais, mágicos e esportivos com música ao vivo.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 16h.

Circo Bella

A magia do circo nos remete a algo incrível, nos fazendo viajar na alegria dos Palhaços. Em Circo Bella um dono de Circo fica à espera de seu único e melhor funcionário, o Palhaço Néio que sempre chega atrasado e é obrigado a se desdobrar para desempenhar o papel de todos os artistas do Circo.

Biblioteca Monteiro Lobato, 10/12 às 17h.

Fonte: Prefeitura da Cidade de São Paulo

Leia mais
No Revelando SP, grupos mostram a viva tradição da Folia de Reis

Deixe um comentário