Dom Carlos Silva preside missa na Paróquia Santo Antônio do Pari

Na tarde da segunda-feira, 13, Dom Carlos Silva, OFMCap, Bispo Auxiliar da Região Episcopal Brasilândia, presidiu a missa em honra ao padroeiro da Paróquia Santo Antônio do Pari, na região central da capital paulista. 

Dom Carlos Silva preside missa na Paróquia Santo Antônio do Pari, Jornal O São Paulo

A celebração foi uma das dez que aconteceram ao longo do dia, contando com a presença de grande número de fiéis, que retomaram as festividades após dois anos devido à fase mais aguda da pandemia. 

Dom Carlos, na homilia, destacou a presença de Santo Antônio na fé do povo cristão. “Passaram-se oitocentos anos e ele continua nos encantando. Olhem os sinais que traz este jovem santo: seu hábito franciscano, a simplicidade; olhem o que traz nas mãos, o próprio Cristo no seu coração; quantos pães ele traz na sua mão. Que este pão que alimenta o corpo nos faça viver como o Pão do Céu que ele traz nos seus braços”, ressaltou. O Prelado destacou ainda outros símbolos que se encontram na imagem de Santo Antônio, como o lírio, “que nos propõe a pureza”. 

A PALAVRA E AS OBRAS

Ainda destacando os símbolos da imagem de Santo Antônio, o bispo capuchinho, destacou a Palavra de Deus, simbolizada no livro que o santo traz. “A Fonte das Fontes é aquela onde o Menino está em cima: é a Palavra de Deus. Essa Palavra que transforma”, enfatizou.

Dom Carlos Silva preside missa na Paróquia Santo Antônio do Pari, Jornal O São Paulo

Dom Carlos ainda destacou que Santo Antônio ressalta que a Palavra é viva quando as obras falam: “Vivemos num mundo de muito palavreado. Precisamos de mais ações que promovam a vida, a justiça, a paz e bem que vem de Deus. No Evangelho, Jesus diz: ‘Ide’. Nós vivemos num mundo que cada vez mais parece que somos convidados a ficar parados, inertes, sozinhos. E ontem nós celebramos a Festa da Santíssima Trindade, em que Deus não é solidão, mas comunidade. Por isso, precisamos levar uma notícia boa, uma notícia de salvação”, exortou.

Por fim, Dom Carlos exortou os fiéis a serem uma “boa palavra, um bom anúncio para aqueles que estão do nosso lado, para aqueles que Deus coloca a cada dia no nosso caminho”. 

(Com informações da comunicação dos Franciscanos)

Deixe um comentário