‘Estar unido a Pedro e ao seu sucessor é estar unido à fé da Igreja’

Destacou o Cardeal Odilo Scherer no programa “Diálogos de Fé”

Reprodução da Internet

“São Paulo foi um grande evangelizador e missionário entre os povos pagãos, e São Pedro aquele que recebeu de Jesus a missão de confirmar a fé dos irmãos, e manter  a comunhão da Igreja. Por isso, o sucessor de São Pedro tem essa missão de manter a Igreja unida em torno de Jesus Cristo e do Evangelho”, disse o Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo Metropolitano, no domingo, 28 de junho, no início do programa “Diálogos de Fé”, transmitido pelas mídias sociais da Arquidiocese e pela rádio 9 de Julho (AM 1.600 kHz).

REZEMOS PELO PAPA

Dom Odilo recordou que na Solenidade de São Pedro e São Paulo, celebrada naquele dia, também se celebra o Dia do Papa, e toda Igreja é convidada de maneira especial a rezar pelo Papa Francisco.

O Cardeal reiterou que essa tradição de rezar pelo Pontífice surgiu já nos primórdios da Igreja e citou a leitura dos Atos dos Apóstolos (At 12,1-11), quando toda a comunidade de fiéis rezou continuamente pela libertação de Pedro, preso injustamente por Herodes que queria matá-lo, mas Deus enviou um anjo para libertá-lo.

“Pedro e Paulo nos lembram da vida e da missão da Igreja e da importância de permanecermos unidos à Igreja e ao Papa. Não é questão de simpatia ou antipatia humana, não é questão de gosto humano, mas é questão de fé. Estar unido a Pedro e ao seu sucessor é estar unido a fé da Igreja. Quem não está unido ao Papa, não está unido a Igreja Católica.”

O Cardeal dirigiu suas orações aos doentes, aos falecidos pelo novo coronavírus e a todos seus familiares. E recordou que diariamente, às 7h, celebra a missa nas redes sociais da Arquidiocese de São Paulo por essas intenções e também pedindo força para todos que estão na linha de frente para combater a COVID-19.

UM ENCONTRO COM FRANCISCO

Após a reflexão inicial, o Arcebispo de São Paulo respondeu a perguntas enviadas pelos internautas. Uma delas foi a de Rogério Melo: “Hoje é o dia do Sucessor de Pedro, nos fale sobre o seu relacionamento com o Papa Francisco?”

De forma muito descontraída, Dom Odilo contou que se encontrou algumas vezes com o então Cardeal Bergoglio, Arcebispo de Buenos Aires, entre as quais na 5a  Conferência Episcopal Latino-americana e do Caribe, realizada em 2007, em Aparecida (SP). E relatou, ainda, um episódio de quando estava ao caminho do conclave em que Bergoglio foi eleito papa, em 2013.

“Quando desembarquei em Roma, fui retirar a minha mala e quando olhei na mesma esteira estava o Arcebispo de Buenos Aires. Saudamo-nos, conversamos. Minha mala chegou primeiro e ele continuou esperando. Ofereci carona para o Cardeal Bergoglio, mas ele já tinha alguém que o levasse até o Vaticano e nos despedimos. Depois, fomos nos encontrar novamente nos dias preparatórios ao conclave.”

Dom Odilo também relatou que seus encontros com o Pontífice são sempre marcados pela simplicidade e simpatia de Francisco.

A íntegra da live pode ser acessada neste link.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter