Morre Irmã Maria Alba Vega, religiosa e comunicadora paulina

Irmã Maria Alba Vega (arquivo pessoal)

A Pia Sociedade Filhas de São Paulo (Paulinas), comunicou o falecimento da Irmã Maria Alba Vega Garcia, aos 77 anos, em decorrência de um câncer, na quarta-feira, 12, no hospital Santa Isabel, em São Paulo.

A religiosa atuou em diversos serviços eclesiais no campo da comunicação social no Brasil.

Nascida em Santiago de Compostela, na Espanha, Irmã Maria Alba veio para o Brasil com a família ainda na adolescência. Entrou para a Congregação das Irmãs Paulinas em 1962.

Após professar os votos religiosos, dedicou a vida ao apostolado da comunicação, carisma de sua congregação.

Formada em jornalismo e relações públicas pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-Minas), Irmã Maria Alba foi assessora do Setor de Comunicação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) de 1985 a 1991 e assessora de imprensa da entidade entre 1991 e 1999.

Foi Secretária Geral da União de Radiodifusão Católica do Brasil (Unda-Brasil); coordenadora diocesana do Setor de Opinião Pública em Pelotas (RS) e responsável pelo Setor Regional de Comunicação do regional Leste 2 em Belo Horizonte (MG). Também foi redatora e diretora da revista Família Cristã, em São Paulo e foi assessora da Pastoral da Comunicação do regional Sul 1 da CNBB (estado de São Paulo), entre 2004 e 2011.

“Com o coração agradecido louvamos a Deus pela vida desta nossa irmã, que na vivência da vocação paulina anunciou Jesus Cristo através da comunicação”, manifestou a congregação das Irmãs Paulinas, na nota de falecimento.

(Com informações de CNBB e Paulinas)

Comentários

  1. Ir. Maria Alba Garcia Vega, obrigada por compartilhar sua sabedoria, inteligência e talento por muitos anos no programa O Sermão da Paixão segundo a Jovem Pan. Irmã Maria Alba, nossa Intercessora junto do Pai.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter