Na Região Sé, fiéis participam da festa patronal da Paróquia Nossa Senhora de Lourdes

Foto: Pascom Paroquial

Na tarde da sexta-feira, 11, Dom Carlos Lema Garcia presidiu missa na Paróquia Nossa Senhora de Lourdes, Setor Perdizes, por ocasião da festa da padroeira. Concelebrou o Padre Lucas Pontel, Pároco.

Na homilia, Dom Carlos relatou a história das aparições de Nossa Senhora de Lourdes à Marie-Bernard Soubirous (Santa Bernadette), uma menina analfabeta de 14 anos, que depois se tornou religiosa e foi canonizada pela Igreja. Foram, ao todo, 18 aparições entre fevereiro e julho de 1858. 

Dom Carlos Lema destacou ainda algumas palavras do Papa Bento XVI quando esteve em Lourdes, em 2008, ocasião em que lembrou que durante as aparições marianas, Bernadette reza o Terço sob o olhar de Maria, que se une a ela no momento do Glória. Esse fato confirma o caráter profundamente teocêntrico da oração do Rosário.

Nesse sentido, o Bispo Auxiliar da Arquidiocese na Região Sé comentou que, quando se reza o Terço, “Maria oferece-nos o seu coração e o seu olhar para contemplarmos a vida do seu Filho, Jesus Cristo” e que “rezar o Terço com carinho nos aproxima de Deus, porque contemplamos os mistérios da vida de Jesus. O Terço é como um resumo da vida de Cristo, contemplamos Jesus com os olhos de Maria”. Ao final da homilia, Dom Carlos exortou os fiéis a pedir a Nossa Senhora o milagre da cura das doenças espirituais, tais como a preguiça, ressentimentos do coração, reações de raiva, inveja, arrogância, e para ajudar a superar a falta de fé e de confiança em Deus. Lembrou, também, que em Lourdes continuam a ser relatadas ocorrências de milagres e para lá se deslocam centenas e milhares de doentes todos os dias. “Aquilo que muitos, por embaraço ou pudor, às vezes não ousam confiar nem sequer aos seus amigos íntimos, confiam-no Àquela que é a Toda Pura, ao seu Coração Imaculado: com simplicidade, sem disfarces, na verdade”, concluiu.

Centro Pastoral Sé para Região Sé

Deixe um comentário