‘No Natal, o céu e a terra trocam os seus dons’

‘No Natal, o céu e a terra trocam os seus dons’
Cardeal Odilo Scherer (Foto: Bruno Melo/arquivo)

Na missa da terça-feira, 21, o Cardeal Odilo Pedro Scherer enfatizou a alegria do encontro entre Deus e a humanidade celebrado no Natal.

O arcebispo de São Paulo presidiu a Eucaristia na capela de sua residência, transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.

Na homilia, Dom Odilo recordou que, no Tempo do Advento, os cristãos se preparam para o encontro com o Senhor no Natal. Por isso, os textos bíblicos desta semana ressaltam essa dimensão. 

O amado

A primeira leitura, extraída do livro do Cântico dos Cânticos (2,8-14), apresenta a relação entre Deus e a humanidade por meio da imagem do amor e o desejo do encontro entre dois enamorados. “Nós também temos o desejo de estar com Deus. Nem sempre temos consciência e estamos distraídos com tantas coisas que acabamos não nos dando conta da possibilidade de estar com o Senhor”, afirmou o Arcebispo.

Nesse sentido, o Cardeal indagou se, atualmente, as pessoas têm consciência do verdadeiro sentido do Natal a partir desse encontro de Deus com a humanidade por meio do mistério do nascimento de Jesus Cristo.

“Pela fé, celebramos muito mais do que uma festa social de troca de presentes. Celebramos Deus que vem a nós”, enfatizou Dom Odilo, lembrando que, no Natal, “o céu e a terra trocam os seus dons” e, enquanto Deus dá para a humanidade aquilo que tem de melhor, seu próprio Filho, o ser humano busca oferecer ao Senhor também o seu melhor: o desejo de encontrá-lo, unir-se a ele e realizar a sua vontade.

Iniciativa de Deus

Tomando, ainda, a imagem do Cântico dos Cânticos, o Cardeal recorda que, no texto, é o esposo quem toma a iniciativa de ir ao encontro da amada, assim como Deus faz com a humanidade.

Outro exemplo desse encontro é narrado no Evangelho do dia (Lc 1,39-45), na visita de Maria a Isabel. O texto narra que ao ouvir a saudação de Nossa Senhora, a criança no ventre de Isabel, João Batista, pulou e ficou cheia do Espírito Santo.

“Peçamos, pois, que esse encontro também aconteça em nossa vida, no dia a dia, pois Deus quer nos encontrar e nos fazer felizes”, concluiu o Arcebispo.

Deixe um comentário