‘Tenhamos sempre a humildade de pedir perdão e crer no amor infinito de Deus’

(Reprodução da internet)

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, presidiu, na capela de sua residência, a missa desta terça-feira da Semana Santa, 30.

A Eucaristia foi transmitida pela rádio 9 de Julho e pelas mídias digitais da Arquidiocese.  

O Evangelho do dia (Jo 13,21-33.36-38) apresenta uma cena ocorrida no contexto da última ceia, quando Jesus anuncia que alguém haveria de traí-lo. O evangelista destaca que o Senhor ficou profundamente comovido e os discípulos olhavam uns para os outros, pois não sabiam de quem ele estava falando.

Ao comentar esse trecho, na homilia, Dom Odilo chamou a atenção para um detalhe do texto que diz que quando Judas saiu da ceia era noite. “É como se judas tivesse mergulhado nas trevas e vai ao encontro daqueles que tramavam contra Jesus”, afirmou.

Negação

Em seguida, o Evangelho mostra Pedro que novamente fiz a Jesus que não o abandonará e que dará a vida pelo Senhor. Jesus, então, lhe responde: “Em verdade, em verdade te digo: o galo não cantará antes que me tenhas negado três vezes”.

O Cardeal Scherer ressaltou que o texto bíblico mostra dois dos apóstolos que, de alguma forma, renegaram o mestre. Judas se desesperou quando viu Jesus ser condenado à morte e tirou a própria vida. “Pedro, porém, quando ouviu o galo cantar, lembrou-se das palavras de Jesus e chorou, arrependeu-se e continuou a seguir o Senhor, muito mais confiante e plenamente certo do amor que Jesus tinha por ele”, sublinhou o Arcebispo.

“Essa Palavra também nos recorda as nossas presunções, talvez, as nossas traições a Jesus, nossos abandonos. Que tenhamos sempre a humildade de pedir perdão e nos arrepender, de voltar atrás e continuar a crer no amor de Deus que é infinito”, concluiu Dom Odilo.

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter