Vacinação contra a COVID-19: Instituto Butantan entrega mais 1 milhão de doses da CoronaVac

Com isso, o órgão cumpre o envio do 1o lote de 46 milhões de doses compradas pelo Governo Federal. Saiba quem já pode se vacinar esta semana em São Paulo

Agência Brasil

O Instituto Butantan liberou na quarta-feira, 12, mais 1 milhão de doses da vacina contra o novo coronavírus ao Programa Nacional de Imunizações (PNI).

Com essa remessa, o Butantan totaliza 46,112 milhões de doses disponibilizadas ao Ministério da Saúde desde o início deste ano e, assim, cumpre o primeiro contrato firmado com o Governo Federal em janeiro.

O governo de São Paulo também já informou que na sexta-feira, 14, dará início à entrega do segundo lote contratado, de 54 milhões de doses. A primeira remessa será de 1,1 milhão de doses.  

Ritmo de vacinação

De acordo com levantamentos de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde, até às 20h da terça-feira, 11, um total de 36.502.196 pessoas já receberam a 1a dose de vacina contra a COVID-19, o que representa 17,24% da população brasileira. Já a 2a dose foi aplicada em 18.380.678 pessoas (8,68% da população do país) em todos os estados e no Distrito Federal.

A imunização em São Paulo

Até às 13h da quarta-feira, 12, mais de 8,9 mil pessoas já tinham recebido a 1a dose da vacina contra a COVID-19 no estado de São Paulo. Já a 2a dose, foi aplicada em mais de 4,9 milhões de pessoas no território paulista.

Na segunda-feira, 10, começou a vacinação para pessoas com síndrome de Down, com mais de 18 anos de idade, que tenham entre 18 e 59 anos de idade.

Na terça-feira, 11, foram incluídas na lista de vacinação pessoas com deficiência permanente, que têm entre 55 e 59 anos e recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Já na quarta-feira, 12, começou a vacinação para pessoas com comorbidades entre 55 e 59 anos. Na sexta-feira, 14, a campanha de vacinação passa a ser extensiva para pessoas entre 50 e 54 anos com as mesmas condições.

Com esse aumento no volume de pessoas a ser vacinadas, torna-se ainda mais fundamental que a maioria delas faça o cadastro prévio no site Vacina Já, a fim de agilizar o atendimento nas unidades básicas de saúde e outros locais onde a vacina contra a COVID-19 vem sendo aplicada, como nos drive-thru.

Lista de comorbidades

– Insuficiência cardíaca

– Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar

– Cardiopatia hipertensiva

– Síndrome coronariana

– Valvopatias

– Miocardiopatias e pericardiopatias

– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístolas arteriovenosas

– Arritmias cardíacas

– Cardiopatias congênitas no adulto

– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados

– Diabete mellitus

– Pneumopatias crônicas graves

– Hipertensão arterial resistente

– Hipertensão arterial estágio 3

– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão de órgãos alvos

– Doença cerebrovascular

– Doença renal crônica

– Imunossuprimidos

– Anemia falciforme

– Obesidade mórbida

– Cirrose hepática

– HIV

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter