No Canadá, moradores seguem o Papa por telões gigantes em parque histórico da cidade

Francisco chega nesta quarta-feira (27) em Quebec e parte da população vai poder acompanhar o deslocamento do Pontífice através de telões em uma programação paralela no parque urbano das Planícies de Abraão. Além disso, o local vai receber a delegação dos autóctones de "Puamun Meshkenu", que irão percorrer 275 km para chegar ao parque.

No Canadá, moradores seguem o Papa por telões gigantes em parque histórico da cidade, Jornal O São Paulo
Foto: Vatican News

O Papa Francisco parte para a segunda etapa da peregrinação penitencial no Canadá quando chega em Quebec nesta quarta-feira (27). A população local vai acompanhar o deslocamento do Pontífice através de telões gigantes instalados nas Planícies de Abraão, ao longo de um planalto acima do Rio Lourenço. O local, uma área histórica dentro do Parque The Battlefields onde aconteceu a batalha de 1759 que provavelmente leva o nome do pescador Abraham Martim, hoje é usado por milhares de turistas todos os dias para concertos, festivais, atividades esportivas e de lazer.

Caminhando Juntos

Os moradores, assim, poderão acompanhar a chegada do Papa no Aeroporto Internacional de Quebec, quando será acolhido por autoridades; e também o discurso de Francisco na cerimônia de boas vindas na Cidadela de Quebec, onde estarão reunidos o primeiro-ministro do país Justin Trudeau, a governadora geral Mary May Simon,  autoridades civis, representantes das populações indígenas e o corpo diplomático.

Com a chegada do Pontífice, o parque urbano - com entrada gratuita - também vai oferecer uma programação paralela com animação cultural temática durante toda a tarde desta quarta-feira (27). Está prevista a participação de artistas indígenas e não indígenas, francófonos e anglófonos, de uma grande variedade de origens culturais e espirituais. Cada um a sua maneira dará o testemunho do encontro no coração da sociedade, ilustrando bem o tema do evento: "Walking Together: Hope for Reconciliation", ou seja, "Caminhando Juntos: Esperança de Reconciliação".

Segundo os organizadores - que também fazem parte do comitê da visita do Papa ao Canadá - o evento será vivido de maneira sóbria, num espírito de consciência sobre a questão da reconciliação, em solidariedade com os sobreviventes das escolas residenciais. Na temática dos shows, repertórios sobre fraternidade, canções ligadas à conexão com a natureza com o ritmo dado pelos tradicionais tambores, celebrações de paz pela improvisação vocal e poesia.

Marcha pela Cura

O destaque da programação, além da chegada do Papa Francisco a Quebec, será para os caminhantes de "Puamun Meshkenu". Eles estão percorrendo cerca de 275 km para chegar até as Planícies de Abraão nesta quarta-feira (27), onde serão recebidos. No palco principal, a delegação vai testemunhar a experiência do percurso intitulado "Marcha pela Cura" e falar sobre o objetivo comum de cura e reconciliação.

Fonte: Vatican News

Deixe um comentário