Novo apelo por um ‘cessar-fogo’ durante a pandemia

Vatican Media

Um clamor para que a paz e a segurança possam reinar no mundo e para que os povos possam se unir no combate à pandemia de COVID-19. O Papa Francisco renovou esse apelo no domingo, 5, após a oração do Angelus, pedindo um “cessar-fogo” global.

Ele elogiou a resolução da Organização das Nações Unidas (ONU), aprovada no fim de junho, que predispõe medidas para enfrentar a pandemia. “É louvável o pedido de um cessar-fogo global e imediato, que permitiria a paz e a segurança indispensáveis para fornecer a assistência humanitária tão urgentemente necessária”, afirmou o Pontífice.

“Desejo que essa decisão seja colocada em prática efetiva e tempestivamente para o bem de tantas pessoas que estão sofrendo. Possa essa resolução do Conselho de Segurança [da ONU] tornar-se um primeiro passo corajoso para um futuro de paz”, concluiu. O Papa já havia apoiado essa iniciativa em outras ocasiões.

CESSAR-FOGO GLOBAL

O chamado “cessar-fogo” é uma suspensão de conflitos armados entre duas ou mais partes. Historicamente, não seria a primeira vez que isso aconteceria numa pandemia. Durante a epidemia da peste negra, no século XIV, nações europeias interromperam confrontos que já duravam décadas como, por exemplo, a Guerra dos 100 Anos entre França e Inglaterra.

No caso atual, 170 países assinaram a resolução em 24 de junho, pedindo um cessar-fogo global. A iniciativa foi formalmente apresentada pela Malásia, mas a proposta já havia sido lançada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, em março deste ano, quando a COVID-19 se espalhou pelo mundo.

O texto aprovado diz que o objetivo é “concentrar os esforços para salvar vidas e aliviar a devastação econômica e social de nossos povos”. Os países signatários, incluindo o Brasil, entre membros do Conselho de Segurança e observadores, unir-se-ão em esforços diplomáticos para que a resolução tenha efeito concreto.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter