Papa a participantes da Assembleia Eclesial: ampla escuta e acolhida ao ‘amor criativo do Espírito’

Por ocasião do início da Assembleia Eclesial da América Latina e do Caribe, no domingo, 21, o Papa Francisco enviou mensagem aos participantes: serão aproximadamente cem presencialmente na Cidade do México e outros mil, de modo on-line, em diferentes pontos do continente americano.

Papa em visita à Cidade do México (Arquivo Vatican Media)

Inicialmente, Francisco recorda que a Assembleia Eclesial ocorre pelo desejo de impulsionar uma Igreja em saída sinodal, reavivar o espírito da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, ocorrida em Aparecida em 2007, a qual “nos convocou a ser discípulos e missionários e animar a esperança, vislumbrando no horizonte o Jubileu Guadapulano em 2031 e o Jubileu da Redenção em 2033”.

O Pontífice afirma que a Assembleia Eclesial é uma nova expressão do rosto latino-americano e caribenho da Igreja em sintonia com todo o itinerário da Assembleia do Sínodo dos Bispos de 2023, cuja etapa diocesana tem se realizado em todo o mundo desde 17 de outubro, com o tema “Por uma Igreja sinodal: comunhão, participação e missão”.

Escutar e transbordar

Francisco lembra que as bases que orientam a sinodalidade são justamente a comunhão, participação e missão, e também comenta que duas palavras devem ser levadas em conta pelos participantes da Assembleia Eclesial: “escuta” e “transborde”.

Em relação à escuta, o Papa ressalta que “o dinamismo das assembleias eclesiais está no processo de escuta, diálogo e discernimento. Em uma assembleia, o intercâmbio facilita ‘escutar’ a voz de Deus até ouvir com Ele o clamor do povo, e escutar o povo até respirar nele a vontade que Deus nos chama”. Nesse sentido, o Pontífice faz um pedido especial:  “procurem escutarem-se mutuamente e escutar os clamores dos nossos irmãos e irmãs mais pobres e esquecidos”.

Ao falar sobre o “transborde”, o transbordar, Francisco comenta que o discernimento comunitário requer muita oração e diálogo para “poder juntos encontrar a vontade de Deus e também requer encontrar caminhos que evitem as diferenças se convertam em divisões e polarizações”.

Sobre este aspecto, o Papa pede a Deus que Assembleia Eclesial “seja expressão do ‘transborde’ do amor criativo do seu Espírito, que nos impulsiona a sair sem medo ao encontro dos demais e que anima a Igreja para que, por um processo de conversão pastoral, seja cada vez mais evangelizadora e missionária”.

“Queridos irmãos e irmãs, vos animo a viver estes dias acolhendo com gratidão e alegria este chamado ao transbordar do Espírito Santo no povo fiel de Deus que peregrina na América Latina e no Caribe. Que Jesus vos abençoe e a Virgem Santa vos guarde com sua proteção maternal e, por favor, não se esqueçam de rezar por mim”, escreve o Papa na conclusão da mensagem.

Fonte: Vatican Va (tradução livre, a partir do original em Espanhol)

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter