Papa Francisco criará 13 novos cardeais

(Foto: Avvenire)

Após a oração do Angelus deste domingo, 25, o Papa Francisco anunciou a realização de um consistório no dia 28 de novembro para a criação de 13 novos cardeais. São eles:

Dom Mario Grech, secretário geral do Sínodo dos Bispos;
Dom Marcello Semeraro, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos;
Dom Antoine Kambanda, Arcebispo de Kigali, em Ruanda;
Dom Wilton Gregory, Arcebispo de Washington, nos Estados Unidos;
Dom José Advincula, Arcebispo de Capiz, nas Filipinas;
Dom Celestino Aós Braco, Arcebispo de Santiago do Chile;
Dom Cornelius Sim, Bispo titular de Puzia da Numídia e Vigário Apostólico de Brunei, Kuala Lumpur;
Dom Augusto Paolo Lojudice, Arcebispo de Siena-Colle Val d’Elsa-Montalcino, na Itália;
Frei Mauro Gambetti, franciscano conventual, Custódio da Comunidade Franciscana de Assis, na Itália.

Também farão parte do Colégio Cardinalício novos membros com mais de 80 anos, portanto, não eleitores em um eventual Conclave:

Dom Felipe Arizmendi Esquivel, Bispo emérito de San Cristóbal de las Casas, no México;
Dom Silvano M. Tomasi, Arcebispo titular de Asolo, Núncio Apostólico;
Frei Raniero Cantalamessa, Capuchinho, Pregador da Casa Pontifícia;
Monsenhor Enrico Feroci, Pároco de Santa Maria do Divino Amor em Castel di Leva, na Itália.

“Rezemos pelos novos cardeais, para que, confirmando a sua adesão a Cristo, ajudem-me no meu ministério como Bispo de Roma, pelo bem de todo o santo povo fiel de Deus”, afirmou o Pontífice após o anúncio.

Notícias relacionadas

Comentários

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhe!

Últimas Notícias

Assine nossa Newsletter