Papa participa de exercícios espirituais da Quaresma na Casa Santa Marta

Francisco cancelou todos os seus compromissos até a manhã da próxima sexta-feira

Vatican Media

Nesta quarta-feira, 24, o Papa Francisco não presidiu a tradicional Audiência Geral no Vaticano, na qual realiza sua catequese semanal.

O motivo foi porque, nesta semana, o Santo Padre está realizando seus exercícios espirituais da Quaresma na Casa Santa Marta, então cancelou todos os seus compromissos, incluindo a Audiência Geral de hoje, até a manhã da próxima sexta-feira, quando participará da primeira meditação quaresmal que o Cardeal Raniero Cantalamessa pregará.

Trata-se da primeira vez, desde o início do Pontificado, que os superiores da Cúria Romana não podem realizar juntos os tradicionais exercícios espirituais da Quaresma fora de Roma devido às medidas cautelares causadas pela Covid-19.

No entanto, o Santo Padre convidou os cardeais residentes em Roma, os chefes dos dicastérios vaticanos e os superiores da Cúria Romana a realizar este retiro de Quaresma anual “pessoalmente, retirando-se para a oração, da tarde de domingo, 21, a sexta-feira, 26 de fevereiro”.

Para isso, o Pontífice presenteou um livro escrito por um monge do século XVII para que pudesse ajudá-los a realizar pessoalmente estes dias de retiro. É o livro “Abbi a cuore il Signore” (“Tenha o Senhor no coração”) escrito por um monge cisterciense anônimo.

O volume foi enviado junto com uma breve carta do Papa na qual convidou cada um a realizar os exercícios espirituais onde lhes fosse mais conveniente.

“Este ano não teremos a graça de poder contar com um pregador de exercícios” porque “a situação atual impede a aglomeração de pessoas, por isso não poderemos ir juntos à casa de exercícios”, escreveu o Santo Padre.

Por fim, o Papa disse estar certo de que o livro “nos ajudará em nossa vida espiritual”.

Desde 2014, a Cúria Romana realizou exercícios espirituais de Quaresma fora do Vaticano, indo para a “Casa do Divino Mestre”, que se encontra na cidade de Ariccia a 45 km de Roma.

A “Casa Divino Maestro” é propriedade da Congregação da Sociedade de São Paulo. É um lugar reservado e silencioso que permite que se dedicar com maior recolhimento aos exercícios espirituais.

Em 2020, o Santo Padre anunciou no último minuto que não compareceria aos exercícios espirituais com a Cúria Romana devido a um resfriado e realizou sozinho no Vaticano esses dias de retiro de Quaresma.

(Com informações de acidigital)

Deixe um comentário